MENU

04/12/2021 às 00h00min - Atualizada em 04/12/2021 às 00h00min

Bastidores

Combate à corrupção

A Rede de Controle da Gestão Pública do Maranhão promove na terça-feira, 07 de dezembro, uma roda de conversa virtual alusiva ao Dia Internacional de Combate à Corrupção, celebrado no dia 09. O encontro será transmitido, das 09h às 12h, pelo canal no Youtube da ESCEX - Escola Superior de Controle Externo do Tribunal de Contas do Maranhão (TCE-MA). A Rede de Controle da Gestão Pública foi constituída em março de 2010, por meio de um Acordo de Cooperação Técnica, e é composta atualmente por 28 órgãos e instituições que atuam na defesa do Estado, na fiscalização, na auditoria, no controle interno e externo, como o Tribunal de Contas da União, o Tribunal de Contado do Estado do Maranhão, a Controladoria-Geral da União, a Secretaria de Transparência e Controle do Estado, o Ministério Público Federal, o Ministério Público Estadual, a Secretaria Estadual de Fazenda, o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, dentre outros. O coordenador da Rede de Controle da Gestão Pública no Maranhão, Alexandre Walraven, destaca que “para prevenir de modo eficaz a corrupção precisamos entender o quanto as instituições, de fato, estão preparadas para enfrentá-la. Conhecer em detalhes seu grau de proteção, suas eventuais fragilidades e o que pode ser feito para que elas sejam cada vez menos suscetíveis à corrupção. Esse é o foco das ações da Rede. Com as informações obtidas, poderemos construir uma métrica que nos permitirá, na condição de instituições de controle, sermos ainda mais efetivos em nossa missão de proteger os recursos públicos contra a dilapidação causada pela corrupção”.

Rebatendo 

O deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) gravou um vídeo para desmentir reportagem da revista Crusoé, que divulgou imagens dele manuseando maços de dinheiro em seu escritório de São Luís. Segundo a revista, o dinheiro seria de recurso desviado de emendas do chamado orçamento secreto. Segundo Maranhãozinho, o dinheiro está declarado à Receita Federal e diz respeito à sua atividade como pecuarista. O parlamentar já foi alvo de duas fases da operação “Descalabro”, da PF.  As imagens integram a parte sigilosa das investigações e o deputado diz que a divulgação é ilegal e vai tomar providências. 

Quando janeiro chegar

O governador Flávio Dino (PSB) ainda não bateu o martelo sobre a não realização de carnaval devido à Covid-19. O Réveillon está cancelado, mas sobre o carnaval Flávio Dino disse que uma decisão final só acontecerá em janeiro. “Nós só vamos decidir, no que se refere ao Governo do Estado, no mês de janeiro. Não haverá nenhuma decisão sobre Carnaval até, mais ou menos, 15 de janeiro, porque o Carnaval, se houvesse, ou se houver, será no final de fevereiro, comecinho de março”, observou. É aguardar.

Pré-candidatos 

A Câmara de Imperatriz já tem pelo menos quatro pré-candidatos a deputado estadual. Já manifestaram o interesse de disputar cadeira da AL nas eleições de 2022 os vereadores Zesiel Ribeiro (PSDB), Alex Silva (PL), Alberto Souza (PDT) e Aurélio Gomes (PT), que no domingo passado foi escolhido em prévia como o único candidato do partido em Imperatriz. Já o vereador Fábio Hernandez (PP) pretende se candidatar a deputado federal.  

Novo estado

Pode ser votada na próxima reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado a proposta de plebiscito sobre a criação do Estado de Tapajós, formado por 23 municípios do oeste paraense. Senadores como Plínio Valério (PSDB-AM), relator, e Eduardo Braga (MDB-AM), acreditam que região só tem a ganhar com a autonomia. O movimento é encabeçado por Santarém. Em 2011, foi realizado  plebiscito, mas 66,08% rejeitaram a criação do Estado de Tapajós e 66,59% foram contra a criação do Estado de Carajás. 
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...