MENU

24/11/2021 às 00h00min - Atualizada em 24/11/2021 às 00h00min

Coluna do Lima Rodrigues

 
11ª da Valeu Boi Leilões


A família Remor é pioneira no sul do Pará. No sábado, 20 de novembro, o casal Adriene Resende Remor e Dirceu Remor Filho promoveu um grande leilão comemorativo aos 11 anos da Valeu Boi Leilões em Rio Maria.

O empresário e pecuarista Dirceu Remor checa como estão os animais nos currais antes do início do mega leilão, que reuniu mais de 4 mil animais no recinto e a presença de pecuaristas do sul e sudeste do Pará. Ao longo do ano, toda semana, a empresa promove leilões, mas o realizado no sábado era um leilão especial. Antes do leilão, foi servido um delicioso almoço para os convidados.

Dirceu e a esposa Adriene conferiram os mínimos detalhes antes do início do leilão, agradeceram a presença dos produtores rurais da região e desejaram bons negócios a todos.

O evento contou com a presença do prefeito de Xinguara, Dr. Moacir e do presidente do Sindicato Rural de Xinguara, Joel Lobato; do empresário e pecuarista Roberto Paulinelli, do Frigorífico Rio Maria; dos pecuaristas Roque Quagliato, Igor Szawka, João Guimarães Filho, Nedito, Mazinho e produtores rurais de vários municípios paraenses.

Cavalgada dos Amigos

Comitivas de diversas fazendas de Rio Maria e até de outros municípios, como Xinguara, Sapucaia e Floresta, participaram da Cavalgada dos Amigos, organizada por Enilson Rocha, com o apoio do Sindicato Rural de Rio Maria e da prefeitura municipal.

A prefeita de Rio Maria, Márcia Ferreira, agradeceu a participação dos cavaleiros e amazonas do município e de outras cidades e parabenizou os organizadores pela realização do evento.

O presidente do Sindicato Rural de Rio Maria, Gilmar do Posto, fez uma avaliação positiva da Cavalgada dos Amigos. “Apesar da chuva que caiu, provocando um atraso no início da cavalgada, deu tudo certo e não houve nenhum incidente e tudo transcorreu muito bem com a presença de cavaleiros e amazonas da região”, afirmou Gilmar.

Ferra de Bezerros

No domingo, dia 21 de novembro, foi promovida pela primeira vez no tatersal do Sindicato Rural Avelino Remor, em Rio Maria, a Ferra de Bezerros.

Antes, houve a competição entre as crianças que disputaram a prova montando em carneiros. A dupla vencedora foi formada por duas meninas: Paula Stefanni (10 anos) e Izabela Rodrigues (10 anos).

Em seguida, houve uma rápida cerimônia de abertura do evento com a participação das duplas competidoras, do organizador geral Enilson Rocha, que agradeceu o apoio da prefeitura municipal e a presença de todos, e do presidente do Sindicato Rural de Rio Maria, Gilmar do Posto, que também agradeceu o apoio da prefeitura e do Frigorífico Rio Maria.

O empresário e pecuarista Roberto Paulinelli, do Frigorífico Rio Maria, que patrocinou a Cavalgada dos Amigos e a Ferra de Bezerros, juntamente com a prefeitura municipal, parabenizou os organizadores pelos eventos que movimentaram Rio Maria no fim de semana.

Competição

Depois, começou a prova da Ferra de Bezerros entre os adultos, incluindo duas mulheres. Os participantes precisavam derrubar o bezerro, sem machucá-lo, colocá-lo no chão de forma pranchada, um competidor segurando na cabeça e o outro segurando o rabo do animal. Vence a prova quem fizer tudo isto no menor tempo possível.

A dupla vencedora da Ferra de Bezerros em Rio Maria foi Thales e Daniel. Eles e os familiares vibraram muito quando o locutor Welves Gomes anunciou o nome da dupla vencedora. A dupla faturou R$ 2.500,00.

O segundo lugar foi para a dupla  Emerson Guilherme e Thales, que levou um prêmio de R$ 1.500,00.

Em terceiro lugar ficou a dupla Emerson Guilherme e Matheus, que ganhou R$ 1.000,00.

Conexão Rural

O 11º Leilão da Valeu Boi Leilões, a Cavalgada dos Amigos e a Ferra de Bezerros em Rio Maria são os destaques do Conexão Rural do próximo fim de semana.

AGROBALSAS

O programa traz ainda uma entrevista especial com Gisela Introvini,  superintendente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Corredor de Exportação Norte – Facpcen, com sede em Balsas, no Maranhão. Ela anunciou que o Agrobalsas, o maior evento do agronegócio do Maranhão, será realizado de 16 a 20 de maio de 2022.

Zé Mulato e Cassiano

Na parte musical, teremos a dupla Zé Mulato e Cassiano em participação no 1º Festival Caipira do Entorno do Distrito Federal.

Projeto Pecuária do Conhecimento, da Phibro Saúde Animal e APTA, completa 10 anos com mais de 2 mil profissionais treinados

O projeto Pecuária do Conhecimento, iniciativa da Phibro Saúde Animal em parceria com a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, completa 10 anos em 2021.

Conduzido pelo Polo Regional de Desenvolvimento de Tecnologias dos Agronegócios da Alta Mogiana, em Colina (SP), a iniciativa dedica-se à divulgação de tecnologias para melhorar a produtividade da cadeia da carne bovina, de forma a aumentar a rentabilidade da atividade. Em uma década, cerca de 2,1 mil pessoas foram treinadas e capacitadas.

Maurício Graziani

O presidente da Phibro no Brasil, Mauricio Graziani, destaca que o Pecuária do Conhecimento possibilita o contato entre os diversos elos da cadeia de produção, o que proporciona o compartilhamento de ideias entre todos os atores desse complexo e importante sistema. “O projeto tem intensa procura por empresas de nutrição animal, técnicos e produtores, especialmente por sua metodologia, que mistura prática e teoria: primeiro na sala de aula, depois no campo. Com essa iniciativa, estamos efetivamente contribuindo para o desenvolvimento de uma pecuária mais eficiente e sustentável”, afirma Graziani.

Boi 7-7-7

O Pecuária do Conhecimento foi criado para divulgar o conceito do Boi 7-7-7 e mostrar a importância da adoção de tecnologias para melhorar o resultado econômico da pecuária. O sistema baseia-se nos pilares genética, manejo e nutrição e pasto. A meta é obter ganho de 7 arrobas na fase de cria, 7 na recria e 7 na terminação, reduzindo de três para dois anos o tempo para o gado ficar pronto para o abate. Pesquisador da APTA, Gustavo Rezende Siqueira explica que o treinamento do Pecuária do Conhecimento é especial justamente pela vivência imersiva de dois dias no campo ao lado de pesquisadores, pecuaristas e técnicos de empresas. “Para nós, o desenvolvimento desse projeto é uma mudança de estrutura e relacionamento da instituição pública com o setor privado”, observa Siqueira, que é doutor em zootecnia. Para ele, um dos mais importantes gargalos no país é fazer com que a informação gerada na academia chegue às fazendas. “O curso permite levar o conhecimento para o campo.

Conhecimento

Para o gerente de negócios de gado de corte da Phibro, César Borges, o projeto tem papel fundamental na história da empresa, pois se caracteriza como uma forma de disseminar conhecimento para os produtores, em um cenário de desenvolvimento de novas tecnologias. “O objetivo é encontrar uma maneira de fazer essa extensão do conhecimento: pegá-lo da academia e fazer a extensão para o pecuarista. O objetivo foi alcançado”, diz.

Reforçando essa ideia, o diretor global de ruminantes da Phibro, Danilo Grandini, destaca a necessidade de projetos ou programas que incentivem boas práticas produtivas na pecuária de corte. “APTA e Phibro souberam materializar conhecimento em práticas que ajudaram, nesses anos, centenas de pecuaristas, especialistas e empresas de nutrição animal a intensificarem a produtividade com o bom uso dos recursos disponíveis”, celebra. (Texto Comunicação – SP).
Link
Relacionadas »
Comentários »
Loading...