MENU

13/11/2021 às 00h00min - Atualizada em 13/11/2021 às 00h00min

GOLDEN BOYS – A DOR DE UMA FRUSTRAÇÃO

 
O Programa CLUBE DA SAUDADE, na Rádio Mirante AM, na capital, está no ar há 33 anos, liderando uma audiência espetacular, em cadeia com mais de trinta emissoras, em todo o Estado, conforme se anuncia. E eu estou há catorze (14) anos pegando carona e janela nessa audiência com uma crônica em seguida uma ou duas músicas, denominada PÁGINA DE SAUDADE. A música ou músicas que tocam pós-crônica, guardam compatibilidade com o texto. E continua o espetáculo!

Criei na minha PÁGINA DE SAUDADE uma derivação em que escrevo sobre os talentos e cantores e canções que fizeram e fazem a discografia brasileira. Assim é que já escrevi sobre Clara Nunes, Agnaldo Timóteo, sobre Luís Gonzaga e sua música “Luís Respeita Januário”; sobre Valdick Soriano; Genival Lacerda e, por último um texto sobre o  - GRUPO MUSICAL GOLDEN BOYS, formado originariamente por três irmãos mais um “primo”, eles que, de uma hora para outra, converteram-se num GRANDE SUCESSO, no seio da Jovem Guarda, o maior movimento musical brasileiro em todos os tempos.

De inspiração essa e sobretudo ao coligir a extraordinária HUMILDADE que permeia entre esses rapazes, unidos pelos laços da paternidade, bem como pelas canções que eles legaram, escrevi para a minha crônica PÁGINA DE SAUDADE, um texto denominado A HUMILDADE É UMA VIRTUDE; A VIRTUDE É UM TALENTO! NO PALCO DO CLUBE DA SAUDADE – HUMILDADE E TALENTO SÃO ELES ...  GOLDEN BOYS!!! Passei uma semana “burilando, esmerilando” esse bendito texto.

Antes de remetê-lo via NET para o rádio, resolvi tentar falar com quaisquer deles. Localizei telefone e endereço, à ânsia da MINHA INSANIDADE para lhes dar a “boa notícia”. Tudo ocorreu rápido. Fui atendido ao celular: “Golden Boys, boa tarde”!, RONALDO, foi como se identificou o interlocutor que é, no caso, um dos IRMÃOS/GOLDEN BOYS. Empolgado, identifiquei-me e mencionei sobre o texto que estaria lhes dedicando no rádio. Cheguei até a narrar o título: A HUMILDADE É UMA VIRTUDE; A VIRTUDE É UM TALENTO! NO PALCO DO CLUBE DA SAUDADE – HUMILDADE E TALENTO SÃO ELES ...  GOLDEN BOYS!!!

Para a minha surpresa e frustração, no entanto, O GOLDEN BOY do outro lado da linha, além de monossilábico, lacônico e desprezivo, foi uma PEDRA DE GELO, uma barra de gelo. E então fiquei duramente frustrado, ressentido. E não mais publiquei no rádio sobre GOLDEN BOYS. Escrevi, então, sobre PAULO SÉRGIO. Vejam o texto que com esta vou mandar para GOLDEN BOYS com carta registada via/AR, pelos Correios. Vejam!

************************

A HUMILDADE É UMA VIRTUDE; A VIRTUDE É UM TALENTO. NO PALCO DO CLUBE DA SAUDADE – HUMILDADE E TALENTO SÃO ELES ...  GOLDEN BOYS!!!

O Grupo musical Golden Boys – foi um talento que despontou com o movimento da JOVEM GUARDA, nos anos 1960. Eles, porém já se articulavam desde 1958, ainda na escola, cantando em programas de calouro no rádio e na Tv. Formado pelos  irmãos Roberto, Ronaldo e Renato, tentaram trazer o irmão Mário mas este, ingênuo, reagiu à ideia de cantar num programa de Rádio.  Daí trouxeram, “na marra”, o RENATO (o caçula do grupo), ou como diz o RENATO – “na livre e espontânea pressão”. Na intenção de formar um quarteto conforme o modelo americano da época, convidaram o colega  VALDIR ASSUNÇÃO que passou a ser indicado como PRIMO, embora não sendo familiar. Ganharam, em concurso de calouros, um violão, que a viúva de VALDIR ASSUNÇÃO, guarda como grata recordação.  

Os GOLDEN BOYS, ainda garotos, tornaram-se, profissionais de uma hora para a outra, com músicas do iê-iê-iê, movimento da Jovem Guarda, tais como: Ai de Mim, Segura na cintura Dela, Fumacê, Se eu fosse você. Daí em diante, colecionaram sucessos um atrás do outro. Gravaram mais de 40 Lp’s,  em mais de 300 canções, parte das quais, composta por eles mesmos, como relata Ronaldo, um dos irmãos.

Fato marcante e interessante em meio aos GOLDEN BOYS, foi e é a HUMILDADE, que sempre reinou entre esses rapazes. Nunca ninguém se propôs a ser o líder, nem de tomar a frente, nem de se impor. Nem de roubar a cena e chamar a atenção. E todos enfim sempre foram unidos, amigos, integrados e... sobretudo... HUMILDES. A HUMILDADE, a simplicidade, sempre foi um ponto comum na trajetória e na vida de OS GOLDEN BOYS. Sempre! Eles que sempre se mostraram e se apresentaram fáceis, simples e acessíveis. E discretamente sorridentes. Eles que sempre somaram e se dividiram unidos e solidários na sua trajetória vencedora.

A família GOLDEN BOYS, tem no sangue e nas veias a música como o seu DNA. O TRIO ESPERANÇA  que também cantou profissional na Jovem Guarda, formado pelas irmãs Regina e Evinha e o irmão Mário; mais tarde a irmã Marisa são ao todo oito irmãos entre si. Dos Golden Boys originais - Roberto e Valdir já faleceram, no que foi acrescentado ao irmão Mário que pertenceu ao Trio Esperança. Com dois sobrinhos nos instrumentos, somam 10 pessoas na família paterna desses rapazes.

OS GOLDEN BOYS fizeram e fazem a saudade da minha juventude, dos tempos daquelas nossas baladas de sábado à noite, quando andávamos pelas ruas, vindos das FESTINHAS, na capital, com a camisa sobre os ombros, pegando a brisa da cidade, sem medo de ser feliz. Festinhas que hoje, até parece que ninguém se lembra delas, porque ninguém fala delas. Coisas dos filhos da casa e seus colegas, naquele velho e saudável tempo colegial. Aquele saudável tempo do “refresco com pão”

Guardo de Golden boys, uma canção: Era um fim de tarde, tarde fria após uma chuva fina. Nas casualidades da vida, encontrei-me com uma moça. Mal nos conhecíamos. Queixumes de lá pra cá - queixumes daqui pra lá. Estávamos empates. Então, virou um idílio. Mas... foi só isso.

No ar, nas radiolas, no rádio, nas ruas, nos bailes, naquele tempo, aquela canção que até hoje me faz lembrar aquele dia de uma tarde fria, após uma chuva fina. Era Golden Boys -  que só agora vim a saber que reinavam com HUMILDADE e que me inspiram  nesta PÁGINA DE SAUDADE e cantam agora neste CLUBE DA SAUDADE.  (Música:  PENSANDO NELA).

* Viegas questiona o social. E-mail: [email protected]
Link
CLEMENTE VIEGAS

CLEMENTE VIEGAS

O Doutor CLEMENTE VIEGAS e advogado, jornalista, cronista e contesta o social.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...