MENU

02/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 02/09/2020 às 00h00min

A força da Comunicação do agro

Lima Rodrigues

Em 2017, durante o Road Show para Jornalistas de Agronegócio em São Paulo, por iniciativa deste colunista e do jornalista e publicitário Vicente Delgado, do portal www.agronewsbrasil.com.br, de Cuiabá (MT), os profissionais de comunicação que participavam daquele evento jornalístico, promovido pela Texto Comunicação Corporativa (SP), começaram a sonhar com a criação de uma Associação que representasse bem os comunicadores que atuam no agronegócio. Depois de dois anos, durante o Road Show deste ano, realizado no começo de março, portanto, antes da pandemia do coronavírus, os profissionais de comunicação voltaram a discutir o assunto e, após debateram sobre os objetivos da entidade e sua sigla, optaram por criar a Comunicagro – Associação Brasileira dos Comunicadores do Agronegócio, da qual tenho a honra de ser o presidente.
E a Comunicagro vem cumprindo o seu papel com a realização de lives quinzenais, para debater temas ligados à comunicação do setor e cada vez mais despertando o interesse de colegas de todo o Brasil em participar da Associação, que no momento é um Movimento de Comunicadores do Agro, que chega com muita força.
A Comunicagro já realizou lives com a participação de Marcello D’Angelo, diretor-executivo do Canal Agro+, da Rede Bandeirantes de Televisão, e convidados; debateu as fakenews no agro e a Comunicação do Agro Brasil afora.
E, hoje, 2 de setembro, a Comunicagro debate a comunicação do agro no exterior. E para contar suas experiências, a visão do agro brasileiro na União Europeia e nos Estados Unidos e os desafios de trabalhar fora do Brasil, convidamos dois experientes profissionais. O gaúcho Leonardo Gottems, agora em Portugal e entre outros serviços é correspondente do portal Agrolink, e o paranaense Marcelo Teixeira, jornalista da Reuters (maior agência de notícias do mundo), que está nos Estados Unidos. O papo será nesta quarta-feira (02) às 18h. Contamos com vocês!
 
E ontem, a convite da UPL Brasil, participei de uma entrevista coletiva online.
A UPL, quarta indústria de defensivos agrícolas do mercado brasileiro, fez o lançamento da tecnologia mais moderna do mundo para avaliação aérea da incidência de doenças e pragas nos canaviais e nas pastagens para pecuária. A inovação é baseada em Inteligência Artificial e no uso de imagens de altíssima precisão.
Participaram da coletiva na tarde desta terça-feira o presidente da UPL Brasil, Fabio Torretta; o Gerente de Cana e Pastagem, Carlos Peres, e o representante da Escola Superior Escola Superior Luiz de Queiroz (Esalq), Pedro Christofoletti.
 
Reprodutores e Matrizes linhagem IZ serão comercializados em leilão virtual
Ao falar em produção de carne no Brasil, o estado de São Paulo ocupa posição de destaque, sendo considerado um grande exportador de tecnologia. Para transferir a tecnologia gerada por meio da pesquisa científica ao setor produtivo, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto de Zootecnia (IZ-APTA), um dos institutos de pesquisa que contribui para a eficiência do processo de produção de carne, realizará em 10 de setembro, às 14 horas, o tradicional Leilão de Reprodutores e Matrizes IZ do Centro Avançado de Pesquisa de Bovinos de Corte. A venda será virtual e ao vivo pelo Canal do Boi, com o apoio da Central Leilões.
Serão comercializados 39 reprodutores da raça Nelore, dez reprodutores da raça Guzerá, 19 reprodutores da raça Caracu, 31 matrizes da raça Nelore e nove matrizes da raça Guzerá. Os animais são oriundos do Programa de Melhoramento Genético do IZ, que busca atender com excelência as demandas dos pecuaristas.
Os touros e matrizes têm comprovado valor genético para características de crescimento, com grande capacidade de "colocar velocidade de crescimento e músculo" nos seus descendentes, sendo conhecidos como animais da "Linhagem IZ, uma linhagem de peso".
As informações referentes aos animais do Programa são compartilhadas anualmente com o setor produtivo por meio do Sumário de Touros e Matrizes do IZ. A edição de 2020 está disponível em https://bit.ly/SumarioTourosNeloreIZ2020 e as edições anteriores podem ser baixadas no site da instituição.
 
Sustentabilidade
A pesquisadora Joslaine Cyrillo, diretora do Centro Avançado de Pesquisa de Bovinos de Corte, destaca que as pesquisas realizadas no IZ estão relacionadas à sustentabilidade do sistema produtivo, sempre em busca da eficiência de produção. "As tecnologias visam maior ganho de peso em um sistema mais eficiente - mais carne com menor custo de produção", afirma.
Não só o produtor tem vantagens com a adoção de tecnologias geradas pela pesquisa científica, mas também o consumidor. "As tecnologias garantem carne de melhor qualidade. Bezerros oriundos de touros selecionados crescem mais rápido, aproveitam melhor o pasto e são abatidos mais jovens, garantindo carne mais macia e mais barata, já que os animais permanecem menos tempo no rebanho", detalha Joslaine.

Genômica
A genômica, outra ferramenta científica que coloca a pecuária em um novo patamar, está também inserida nos estudos realizados no Centro. "Agregamos a tecnologia genômica nas pesquisas, que exige um banco de dados bem estruturado, composto por informações genealógicas, fenotípicas e genômicas dos animais, para a redução de riscos, viabilização da seleção para características de difícil mensuração, além do aperfeiçoamento dos processos de avaliação genética, com o cálculo de DEPs (diferença esperada na progênie) suficientemente confiáveis, proporcionando lucratividade e qualidade do produto", explica a pesquisadora.
As tecnologias desenvolvidas pelo IZ estão disponíveis para todo o Brasil e também são utilizadas em outros países da América Latina. Touros, matrizes, sêmen e embriões podem ser adquiridos nos leilões anuais, ou por meio das principais empresas de comercialização de material genético do país parceiras do IZ, como CRV Lagoa, Alta Genetics, Seleon Biotecnologia e BR Embriões.
 
Canais para o Leilão
O leilão poderá ser acompanhado pelo Canal da Central Leilões no Youtube em https://bit.ly/youtubeCentralLeiloesIZ e será transmitido ao vivo pelo Canal do Boi.
Os lances serão captados apenas pelos telefones da Central Leilões (18) 3622-4999 e (18) 99637-2999. Os interessados deverão se cadastrar pelo site da Central em https://centralleiloes.com.br/agenda-de-leiloes.php?id_categoria=14 ou pelo telefone (18) 3608-0999.
Outras informações sobre o leilão podem ser obtidas no Instituto de Zootecnia pelos contatos (16) 3475-9140 ou (16) 99111-3936 e e-mail [email protected].
 
Fique em casa. Se sair, use máscara. Lave bem as mãos e sempre que possível use álcool em gel.
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...