MENU

02/11/2021 às 00h00min - Atualizada em 02/11/2021 às 00h00min

Bastidores

Debandada

Depois do governador Flávio Dino, agora é a vez do deputado estadual Marco Aurélio deixar o PCdoB, ao qual estava filiado há 12 anos. O parlamentar imperatrizense adiantou que está indo para o PSB, novo partido de Flávio Dino. “Anuncio a todos que, depois de muito diálogo, no tempo em que a legislação eleitoral me permitir, estarei me desfiliando do PCdoB, partido ao qual seguirei ligado pelos laços fraternos com todos os companheiros e companheiras. A decisão foi debatida com os líderes do partido, através do presidente estadual Márcio Jerry e do presidente do Comitê Municipal de Imperatriz, Clayton Noleto, além dos membros da direção do partido. Foram 12 anos de muitas lutas e vitórias”, disse o deputado em nota. A filiação ao PSB está prevista para esta quarta-feira. A previsão é de que outros comunistas acompanharão o governador e o deputado. Marco, dessa forma, vai tirar das costas o peso da “pecha” de “comunista”, que hoje é rejeitada por boa parte do eleitorado, levada pela onda bolsonarista. Esse, inclusive, pode ter isso um dos motivos da perda de votos que Marco sofreu na eleição para prefeito em 2020, porque Imperatriz, hoje, tem maioria contrária ao “comunismo”, apesar de que num passado recente votou em massa, duas vezes, para o governador Flávio Dino.

A “prestação”

Inaugurado no último dia 22 de outubro, o tão falado Shopping da Cidade ainda não está funcionando. Apesar de entregue com todas as pompas, o prédio ainda passa por serviços de acabamento. O shopping, para abrigar camelôs do centro comercial, foi inaugurado depois de adiadas pelo menos duas datas anunciadas, devido à morosidade da obra, feita pela prefeitura com recursos da Codevasf conseguidos pelo senador Roberto Rocha.  

Jovens prefeitos

Financiamento das cidades, inovação na administração pública e arranjos federativos para resíduos sólidos. São esses os três temas que irão nortear a pauta de jovens governantes municipais, grupo mobilizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP). Em reunião na sexta-feira, 29, líderes municipais com menos de 40 anos elencaram os desafios prementes a serem trabalhados a partir do compartilhamento de experiências e de debates. O primeiro encontro presencial do grupo será durante a 81ª Reunião Geral da FNP, em Aracaju/SE, nos dias 25 e 26 de novembro, ocasião em que haverá a institucionalização desse coletivo de prefeitos e a definição dos próximos passos.

E…

Para o prefeito de Guarulhos/SP, Guti, vice-presidente de Regiões Metropolitanas da FNP, informação é fundamental para tomada de decisão. “Quanto mais informação, mais chance você tem de acertar na decisão”, afirmou. O governante destacou o tema do financiamento das cidades como pauta prioritária, principalmente diante do cenário atual em que as cidades buscam a retomada econômica. O coordenador de articulação institucional da FNP, Jeconias Junior, reforçou que esse é um tema crucial na agenda da FNP. Segundo ele, o sistema de financiamento brasileiro não obedece à mudança do perfil das cidades. “A gente continua colocando muito dinheiro nas pequenas cidades e as médias e grandes, dependendo da situação geográfica ou regional, padecem de financiamento”, disse.

Processos 

Nesta quarta-feira, 3, o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados se reunirá para discutir e votar parecer preliminar do deputado Cezinha de Madureira (PSD-SP), relator do processo referente à representação do PSol em desfavor do deputado Ricardo Barros (PP-PR). Em seguida, o colegiado discutirá e votará o relatório do deputado  Gilberto Abramo (Republicanos-MG),  referente à  representação do PTB contra o deputado  Luís Miranda (DEM-DF). Ambos são acusados de quebra de decoro. 

Ele disse

- “Quando governadores concordam em congelar o ICMS dos combustíveis para diminuir a pressão na bomba e pedem que a Petrobras entre no debate sobre os preços, tenho a certeza de que crise é oportunidade de união e de compromisso público de todos nós”. A afirmação é do presidente da Câmara dos Deputados,  Arthur Lira (PP-AL), ao falar sobre o congelamento, por 90 dias, do valor do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) cobrado nas vendas de combustíveis.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...