MENU

15/09/2021 às 00h00min - Atualizada em 15/09/2021 às 00h00min

Coluna do Lima Rodrgues

Peixes de cultivo não provocam a doença da urina negra

A Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR), entidade de âmbito nacional que reúne os diversos elos dessa importante cadeia produtiva de proteína animal saudável e de alta qualidade, esclarece que: 
Tilápia e tambaqui criados profissionalmente, em cativeiro e com toda a segurança, não provocam a Síndrome de Haff (Doença da Urina Negra) em seres humanos.
 O pesquisador Roger Crescêncio, da Embrapa Amazônia Ocidental, informa que não há nenhum registro de caso da doença que tenha como origem os peixes de cultivo.
 A ciência comprova que a Síndrome de Haff pode ser causada pela ingestão de peixes contaminados, de origem desconhecida e que não foram criados em ambiente controlado.
 A piscicultura é industrial e verticalizada, seguindo a legislação e as boas práticas. A tilápia e o tambaqui são criados em água doce, com total rastreabilidade. As empresas produtoras utilizam rígidos protocolos sanitários e de bem-estar animal, conferindo aos peixes de cultivo status de alta segurança alimentar.
 Peixe de cultivo é gostoso, saudável e seguro. A Peixe BR recomenda aos consumidores dar preferência a peixes de origem conhecida e que tenham sido criados em ambientes controlados.
 

Peixe BR e campanha Coma Mais Peixe apoiam Semana do Peixe

Criada há duas décadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a Semana do Peixe busca o aumento do consumo de peixes no Brasil, apresentando as espécies, mostrando receitas práticas e reforçando a importância dessa proteína animal para a saúde das pessoas. A Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR) e a campanha @comamaispeixe apoiam a Semana do Peixe, com a realização de ações especiais de valorização do peixe de cultivo brasileiro.
“O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de tilápia e tem uma diversidade incrível de peixes nativos, como tambaqui, pirarucu e tantos outros. Além disso, tempos água, dimensão territorial, clima favorável e produtores empenhados em aumentar a oferta de peixes de cultivo. Na outra ponta, temos um consumo ainda em crescimento. Os brasileiros consomem apenas 10 kg de pescado por ano, sendo 4 kg de peixes de cultivo, criados em cativeiro seguindo as boas práticas de segurança alimentar. É pouco. A Peixe BR e a @comamaispeixe dão sua contribuição para mostrar a importância de aumentar essa demanda interna pois peixe é saboroso, nutritivo e acessível”, assinala Francisco Medeiros, presidente executivo da Peixe BR.
Durante a Semana do Peixe, a Peixe BR e a @comamaispeixe divulgarão conteúdos especiais nas redes, como dicas, curiosidades, receitas e espécies, como Qual o melhor: peixe fresco ou congelado? Como armazenar corretamente os peixes? Como escolher os peixes? Como identificar as espécies.
 Acompanhem as ações da Semana do Peixe nas mídias sociais da campanha @comamaispeixe. (Texto Comunicação – SP).

Biofach 2022: inscrições abertas para a maior feira de orgânicos do mundo

Estão abertas as inscrições da chamada pública que vai selecionar empreendimentos/cooperativas, prioritariamente da agricultura familiar, agroindústrias e empresas do setor orgânico para integrar o Pavilhão Brasil na maior feira de negócios do segmento de orgânicos, a Biofach 2022. O evento, que está na 32ª edição, ocorrerá entre os dias 15 e 18 de fevereiro do próximo ano, em Nuremberg, na Alemanha.
Para participar do processo de seleção, os interessados precisam preencher, até o dia 15 de setembro, o formulário de inscrição e enviar uma cópia escaneada de pelo menos um dos certificados internacionais de orgânicos válidos para a Biofach 2022 para o e-mail: [email protected]. O ato de inscrição não garante a participação na feira, apenas manifesta o interesse do inscrito no processo de seleção de expositores, conforme descrito nos Termos e Condições de Participação.
A organização do Pavilhão Brasil na Biofach 2022 será realizada conjuntamente pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo e da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais, pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) e pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE), por meio da Embaixada do Brasil em Berlim.
Na feira, os expositores do Pavilhão Brasil deverão expor seus produtos, promover degustações, receber visitantes, encontrar fornecedores e compradores de seus produtos e outros parceiros comerciais, conhecer novas tecnologias e prospectar ou realizar negócios. 
Paralelamente à Biofach, ocorrerá a Feira Internacional de Cuidados Pessoais Naturais e Orgânicos, a Vivaness. Em 2020, os dois eventos juntos contaram com 3.792 expositores e estiveram presentes na feira 47 mil visitantes de mais de 130 países. (Fonte: Ministério da Agricultura). 

CFM promove Leilão Virtual em 10 de outubro, com oferta de 350 reprodutores Nelore CEIP

Em 10 de outubro, a CFM realiza o Leilão Virtual CFM BullTrade, com a oferta de 350 reprodutores Nelore CEIP, todos entre os 30% melhores da safra 2019. São touros jovens rigidamente selecionados, com exame andrológico e prontos para trabalhar na próxima estação de monta. O Leilão Virtual CFM será realizado às 14h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelo Canal do Boi.
Os compradores têm opções para pagamento:
. Em 20 parcelas (2+2+16) ou
. Parcela única em outubro de 2022, pelo sistema CFM BullTrade – neste caso, o valor é indexado em arrobas de boi gordo.
Como em todos os eventos comerciais da CFM, o frete é facilitado, com entrega gratuita para:
. Qualquer quantidade de touros para SP, MS, MT, MG, GO e TO
. Cinco pontos de entrega em PA, MA e BA (Novo Progresso-PA, Redenção-PA, Santa Inês-MA, Correntina-BA e Feira de Santana-BA)
. Cargas fechadas (16 ou 24 touros), na malha rodoviária brasileira
Os benefícios incluem descontos progressivos nas baterias de touros e comissão reduzida de acordo com o volume de touros arrematados.
Para você entender – O sistema BullTrade é uma opção oferecida com exclusividade pela CFM. Funciona assim: na batida do martelo, a CFM transforma o valor de compra do touro em arrobas de boi gordo, de acordo com a cotação da arroba na B3 para outubro de 2022. Dessa forma, o valor da compra passa a ser o total de arrobas, calculado no dia do leilão.
Se, na época do pagamento, o valor da arroba estiver mais baixo que a cotação usada na compra do touro, o cliente paga para a CFM um valor menor do que aquele da batida do martelo.
No caso de alta, apesar de o valor da compra subir, o pecuarista também tem valorização na venda de bois gordos, vacas de descarte e bezerros, equilibrando assim o resultado econômico e financeiro da fazenda.
“Os reprodutores colocados à venda no Leilão Virtual CFM têm garantia de qualidade. Os compradores levam para suas fazendas touros Nelore CFM rigidamente avaliados desde o nascimento, com foco nas características que trazem retorno econômico à pecuária, como ganho de peso, fertilidade, precocidade sexual e qualidade de carcaça”, reforça Tamires Miranda Neto, gerente de pecuária da CFM.
Mais informações: www.agrocfm.com.br[email protected] e telefones (17) 3214-8700 e (17) 99775-3618. (Texto Comunicação – SP).
 
Link
Relacionadas »
Comentários »
Loading...