MENU

14/09/2021 às 00h00min - Atualizada em 14/09/2021 às 00h00min

Bastidores


  

Afastamento

O ex-prefeito e ex-deputado federal Sebastião Torres Madeira explicou ao colunista a sua decisão de se afastar, politicamente, do senador Roberto Rocha, também do PSDB. Madeira disse que decidiu seguir a decisão do seu partido, que oficializou oposição ao presidente Jair Bolsonaro, de quem Roberto Rocha é aliado. Portanto, não poderia continuar seguindo o senador. Madeira também observou que, pessoalmente, não tem simpatia pelo dirigente da Nação. Ele diz não concordar com atos que Bolsonaro que vem praticando. O PSDB oficializou sua posição sobre o governo após o 7 de Setembro, em que Bolsonaro atacou autoridades, notadamente do STF. No Maranhão, o PSDB terá como candidato ao Palácio dos Leões o vice-governador Carlos Brandão, do grupo liderado pelo governador Flávio Dino (PSB), portanto um palanque adversário do presidente da República.

E…

Sebastião Madeira confirmou que vai assumir um cargo no Governo, antes mesmo de Carlos Brandão assumir o comando do Estado, no começo de abril. Não adiantou, entretanto, qual secretaria vai comandar. Flávio Dino tem alguns secretários que deixarão o cargo para ser candidatos a deputado, em 2022. Fala-se que Madeira poderia assumir a Secretaria de Saúde. É aguardar.

Solidariedade

O Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais do Brasil - COPTREL, em razão dos últimos acontecimentos, divulgou nota manifestando solidariedade aos ministros do Supremo Tribunal Federal e às suas famílias. “Nesta oportunidade reafirma seu compromisso com a garantia e preservação da ordem democrática brasileira, mediante a realização de eleições periódicas, seguras e transparentes; com a defesa incondicional do Poder Judiciário e das demais Instituições da República; e com o respeito às leis e à Constituição Federal de 1988, e que tem a Suprema Corte como guardiã e derradeira intérprete. Assegurar a independência e a liberdade para decidir de acordo com a Constituição e com as leis, bem como atribuir efetividade às decisões judiciais, pois são pressupostos conferidos ao Poder Judiciário, e constituindo, ao final, verdadeira essência do Estado Democrático de Direito”, diz a nota. O presidente do Colégio é o desembargador Leonardo Pache de Faria Cupello, que preside o TRE de Roraima.

Suplementares

Após quase um ano do pleito de 2020, ainda há municípios tendo novas eleições. Neste domingo, 12, em Silva Jardim (RJ), Maira de Jaime (PROS) e Marcos João (PROS) foram eleitos prefeita e vice-prefeito com 37,99% do total de votos válidos. Em Santa Maria Madalena (RJ), a chapa composta por Nilson José (DEM) e Paulo Henrique de Faria Sarmento (Cidadania) foi escolhida pelo eleitorado com 50,82% dos votos válidos. Com 72,23% dos votos válidos, Eduardo Viana (PL) e Robson José Antonuci Pereira (PSDB) foram os candidatos mais votados em Pedra do Anta (MG). Teo Higino (Republicanos) e José Rosendo dos Santos (Republicanos) receberam 49,83% dos votos válidos e ocuparão a Prefeitura de Campo Grande (AL). Em Gado Bravo (PB), 62,58% dos eleitores escolheram Marcelo Jorge (PL) e Edmarck Araújo (Cidadania) prefeito e vice-prefeito do município.

Prego batido

No domingo, o governador Flávio Dino foi entrevistado no programa Canal Livre, da TV Band.Ele reafirmou que vaio deixar o cargo no início de abril para ser candidato. Sobre o cargo, falou no Senado, mas não descartando outros planos. “Esse é o plano, digamos, A, B e C. Mas sempre tem lugar para o D, E e F”, afirmou.  A preocupação maior de Flávio Dino, no momento, é a unidade do seu grupo, que hoje tem pelo menos três pré-candidatos a governador – Carlos Brandão (PSDB), Weverton Rocha (PDT) e Josimar do Maranhãozinho (PL). Ele vai tentar juntar pelo menos os dois primeiros. Tarefa difícil, porque nenhum vai querer abrir mão.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...