MENU

27/08/2021 às 00h00min - Atualizada em 27/08/2021 às 00h00min

Bastidores

Condenação

 O Pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) condenou gestores maranhenses ao pagamento de débitos e multas. A Corte maranhense julgou irregular a Tomada de Conta Anual de Gestores do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - Fundeb, de Amapá do Maranhão, exercício financeiro de 2013, determinando multas e débitos. Foram condenados os responsáveis pelo Fundeb, Juvencharles Lemos Alves (prefeito), Sely Santos Vilela (secretária de Educação), Edson Correa Costa (tesoureiro) e Carlos da Costa Ericeira (responsável), ao pagamento do débito de R$ 1.269.017,44, além de multa de R$ 126.901,74, correspondente a 10% do valor atualizado do dano causado ao erário. Além dos débitos, também foram aplicadas multas de R$ 4.000,00 a Juvencharles Alves, Sely Vilela, Edson Costa e Carlos Ericeira.

Amnésia

Indagado pelos parlamentares da CPI da Pandemia, ontem, o empresário José Ricardo Santana reafirmou que não se lembra de quanto ganhava quando trabalhava na Anvisa. Isso mesmo! Ele também afirmou que não se recorda se Jair Renan, filho mais novo do presidente Bolsonaro, estava em um jantar na residência da advogada Karina Kufa, do qual teria participado também o lobista Marconny Albernaz de Faria. Igualmente não se lembra que teve um encontro com Danilo Trento, diretor da Precisa. 

E…

Diante desses e de outros esquecimentos, o presidente Omar Aziz (PSD-AM) ironizou, dizendo que o problema da testemunha é médico. José Santana acabou passando de testemunha a investigado, por iniciativa do senador Renan Calheiros, relator da CPI.
  

Será?

Ontem, em entrevista ao programa Panorama, da Rádio Mirante AM, o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, revelou que se não houver um entendimento entre os pretensos candidatos a governador, Flávio Dino poderá não deixar o Palácio dos Leões, para comandar a sua sucessão. “Essa é uma avaliação minha. O governador não me disse nada”, observou Araújo. É uma possibilidade remota. Flávio Dino tem uma eleição praticamente certa para o Senado e não iria desperdiçar a oportunidade. Até porque, ficando até o final no cargo, iria passar quatro anos sem mandato.  

Fusão 

Está sendo articulada a fusão dos partidos PP, PSL e PRB, que fazem parte do chamado Centrão. A articulação visa fortalecer o apoio ao presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados. Seria a maior bancada, com 126 deputados. A fusão seria feita numa condição: embora a intenção é fortalecer apoio ao Planalto, não seria feita a filiação do presidente Bolsonaro. 

Ele disse

- “O presidente do Senado, o senhor Pacheco, ele entendeu e acolheu uma decisão de sua advocacia. Agora, quando chegou uma ordem do ministro Barroso para abrir a CPI da Covid, ele [Pacheco] mandou abrir e ponto final. Ele agiu de maneira diferente de como agiu no passado”. A afirmação foi feita pelo presidente Jair Bolsonaro, ao comentar o arquivamento do pedido de impeachment contra o ministro do STF, Alexandre de Moraes.

Números da Covid

Boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES-MA), divulgado no final da tarde de ontem, revela que foram registrados em Imperatriz 17 novos casos de Covid-19. Dos 52 leitos de UTI, 20 estão ocupados (38,46%) e 32 livres. Dos 104 leitos clínicos, 29 estão ocupados (27,88%) e 75 livres. Desde o início da pandemia, já foram registrados 17.983 casos de Covid em Imperatriz. Novos óbitos no estado aconteceram nas seguintes cidades: Balsas (1), Buriticupu (1), Centro Novo do Maranhão (1), Gonçalves Dias (1), Imperatriz (1), Santa Helena (1), Senador La Roque (1) e Caxias (9). Jã são 9.962 mortes em todo o Maranhão. 
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...