MENU

26/08/2021 às 00h00min - Atualizada em 26/08/2021 às 00h00min

Linha de Fundo

 
AGENDA DE HOJE

Copa do Brasil – quartas de final – jogo de ida

21h30 – Fluminense x Atlético-MG – Nilton Santos (Engenhão)

Barca furada
Nos últimos dias, dez jogadores já pediram para rescindir contrato com o Imperatriz. O último foi o atacante Jhonn Maranhão. Como sempre, a alegação é problemas pessoais e Jhonn Maranhão não foi diferente. Disseram-me que esse jogador é problemático na questão de não se enturmar com os outros jogadores. Parece ser verdade, porque ele é de São Mateus e não joga no Juventude. Taí o motivo. Por outro lado, todos nós sabemos que a barca do Imperatriz está furada e aí fica difícil.

Provem ao contrário
Tudo quanto foi de entrevista desde a goleada para o Paragominas para cá, que os jogadores do Imperatriz dizem que vão dar a volta por cima e classificar o time. Agora é a hora de provarem ao contrário da coluna, por exemplo, que só acredita vendo o Imperatriz se classificar. Estou dando uma de São Tomé, só acredito vendo.

Qualidade
Pode até ser que o Imperatriz se classifique, porque no futebol o improvável sempre acontece. Mas pela qualidade do time, dificilmente isso vai acontecer. Tinha de ter conseguido a classificação antes, vencendo os jogos em casa, mas isso só aconteceu uma vez em sete jogos. Então, não vai ser agora, nesse sufoco todo que vai se classificar. Principalmente porque tem de vencer os dois jogos que ainda restam, e depender de resultados alheios.

Aprovada
O Senado aprovou terça-feira (24) a Lei do Mandante, texto que altera a regra de comercialização dos direitos de transmissão dos clubes. O placar teve 60 votos a favor e nenhum voto contra. Em suma, a Lei Pelé sofre uma alteração para estipular que pertence ao clube mandante a prerrogativa de negociar suas transmissões, independentemente de contratos firmados pelo visitante.

Romário o relator
Para acelerar a tramitação, o relator Romário (PL-RJ) manteve o texto da forma que ele veio da Câmara dos Deputados. Assim, o projeto agora já vai para sanção presidencial. A única emenda feita no Senado foi rejeitada e previa que os jogadores dividissem os 5% do direito de arena com os treinadores. Autor da emenda, o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) deve fazer um projeto de lei específico para esse assunto. A Lei do Mandante é uma demanda dos clubes que foi transformada em projeto de lei pelo Executivo. A tramitação foi em caráter de urgência.

CURTINHAS
Com essa Lei do Mandante, todas as emissoras de TV no Brasil podem negociar transmissões de jogos***Acho que enfim acabaram de vez com essa falta de isonomia e as fatias do bolo vão ser divididos com mais democracia***Todas serão tratadas do mesmo jeito***Infelizmente não é apenas a coluna que não acredita na classificação do Imperatriz***Se um time que tem 14 jogos, sete em casa e sete fora e não consegue se classificar normalmente, não vai ser agora que isso vai acontecer***Eu que milito na área já faz um tempinho, jamais tinha visto um time tão sem qualidade como esse atual do Imperatriz***Claro que toda regra tem exceção***Há alguns jogadores que tem futuro, como o zagueiro Paulo Vitor, Cicero, Ruan, Lineker, entre outros.
Link
DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA é responsável pelas editorias de Polícia e Esportes

Relacionadas »
Comentários »
Loading...