MENU

25/08/2021 às 00h00min - Atualizada em 25/08/2021 às 00h00min

Bastidores

Nas duas pontas

O ex-presidente José Sarney jogou em várias eleições com dois candidatos, dividindo o grupo. Assim está caminhando o grupo de Flávio Dino para as eleições de 2022. Com dois pré-candidatos, Weverton Rocha (PDT) e Carlos Brandão (PSDB), os dinistas começam a se dividir. O secretário de Estado da Segurança Pública, delegado Jefferson Portela, por exemplo, já manifestou apoio a Weverton que, inclusive, agradeceu ao secretário pela presença em um evento e elogios que recebeu. “O secretário Jefferson Portela me definiu muito bem. Sou mesmo um senador municipalista. E faço questão de trabalhar em parceria com quem trabalha pelo bem estar da população, como ele tem feito na Secretaria de Segurança do Maranhão. Obrigado pela presença e pelo apoio, Jefferson. Vamos juntos trabalhar por um Maranhão cada vez melhor”, comentou o senador pedetista. Flávio Dino não está preocupado. Quem ganhar, está em casa... 

Apoio

O comando estadual do MDB, tendo à frente Roseana Sarney, ainda não se manifestou sobre apoio na eleição para governador, até porque a própria ex-governadora não definiu se realmente será candidata à sucessão de Flávio Dino. Mas integrantes do grupo já começam a se decidir. A deputada estadual Socorro Waquim, por exemplo, reafirmou seu apoio ao próximo governador, Carlos Brandão (PSDB), que a partir de abril assume a cadeira principal do Palácio dos Leões. Isso indica que Waquim também apoiará Brandão no pleito de 2022.
 

Sem chance

Não adianta espernear. O PT será coadjuvante nas eleições no Maranhão. O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, se filiou ao partido com a intenção de ser candidato a governador, mas o ex-presidente Lula, quando de sua visita a São Luís, deixou claro que o PT “vai pretender fazer um acordo, ainda não se sabe com quem”. O caminho do PT seria o vice-governador Carlos Brandão ou o senador Weverton Rocha, havendo maior possibilidade de apoio ao segundo, devido a ligação do PDT com a sigla petista. É aguardar.

Fake news

A confiança em um sistema eleitoral íntegro e seguro é o primeiro passo para que o eleitor possa comparecer às urnas com tranquilidade e exercer a cidadania. Dessa forma, para que as chamadas fake news não atrapalhem esse processo e não causem dúvidas na população, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou, em maio deste ano, a série de matérias Fato ou Boato. Os textos esclarecem os principais temas em discussão, de forma objetiva. Mas desde 2018, o TSE vem desmentindo notícias falsas que surgiram durante a campanha daquele ano. Na ocasião, o Tribunal montou uma página de esclarecimentos para checar, em tempo real, as principais fake news que circulavam pelas redes sociais e confundiam os eleitores. 

Limitar

O TSE decidiu limitar a divulgação de dados sobre filiados a partidos em atendimento à  Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). De acordo com a decisão do presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, a Resolução passará a: restringir a divulgação de dados apenas ao período de escolha e impugnação de candidaturas; limitar a divulgação às filiações ativas; e prever relatório relativo a migrações partidárias de titulares de mandatos eletivos proporcionais (deputados e vereadores) e de seus suplentes, a fim de permitir a atuação dos legitimados para a propositura de eventual ação de perda de mandato. Segundo Barroso, a finalidade legal da publicação das listas é “a verificação do cumprimento dos prazos de filiação partidária para efeito de candidatura a cargos eletivos”, objetivo que pode ser alcançado ainda que minimizada a exposição de dados sensíveis.

Covid

Será se está havendo um monitoramento nas escolas municipais e estaduais de Imperatriz, em relação à Covid-19? Revela-se que em uma unidade do estado as aulas teriam sido suspensas devido o surgimento de casos da doença. É bom que os gestores das escolas fiquem atentos para que o pior não aconteça.

Aguenta!

A ANEEL aprovou ontem, terça-feira, novas tarifas para a Equatorial Maranhão Distribuidora de Energia S/A (antiga CEMAR). Os índices, que entrarão em vigor em 28/8, são: Consumidores residenciais – 1,69%; empresa baixa tensão – 2,23%; empresa alta tensão – 5,99%. Efeito médio para o consumidor – 2,79%.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...