MENU

12/08/2021 às 00h00min - Atualizada em 12/08/2021 às 00h00min

Bastidores

Fake news

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está quase que diariamente divulgando notas no seu site para desmentir os boatos sobre as urnas eletrônicas. As fake news se intensificaram depois que o presidente Jair Bolsonaro passou a colocar em dúvida a segurança das urnas para justificar o voto impresso. Agora o TSE desmente que técnicos da Corte tenham se trancado em sala até o término da totalização dos votos nas Eleições 2014. Um vídeo com entrevista de um ex-estagiário do Tribunal circulou na internet e despertou dúvidas sobre as Eleições de 2014, ano em que os candidatos Dilma Rousseff e Aécio Neves disputaram a presidência da República. Na gravação, ele afirma que o presidente do TSE na época, ministro Dias Toffoli, deu ordem para que os técnicos do TSE se trancassem na sala onde é feita totalização dos votos e só saíssem depois que o processo fosse finalizado. Na verdade, o que ocorreu foi que, em razão dos diferentes fusos horários no Brasil, há uma norma que impede a divulgação de resultados para o cargo de Presidente da República até o fim da votação em todo o território nacional. É que o horário de votação é sempre computado no horário local. Assim, no país, o Acre é a última unidade da Federação a encerrar a votação. Essa norma se justifica para evitar que a divulgação de resultados nos Estados que já tenham encerrado a votação possa exercer influência indevida sobre os eleitores que votem nas últimas horas nos Estados que ainda tenham suas seções eleitorais abertas. 

De volta

O ex-deputado federal e ex-prefeito Domingos Dutra está de volta ao Partido dos Trabalhadores (PT). Ele deixou o partido para se filiar ao PCdoB, pelo qual se elegeu prefeito do município de Paço do Lumiar. No exercício do mandato, Dutra sofreu um AVC e ainda não está totalmente recuperado. Por isso, dificilmente seria candidato ao legislativo nas eleições de 2022. 

Ele disse

“Temos que levar em consideração a prudência e a tolerância, até admito que isso tem que ter, faz parte do jogo e ninguém tem mais experiência do que ela”. A afirmação é do deputado estadual César Pires (PV) sobre a ex-governadora Roseana Sarney que, embora liderando as pesquisas, ainda não decidiu que cargo disputará nas eleições de 2022. Pires está de saída do PV para se filiar ao PSD e já avisou que vai apoiar o ex-prefeito Edivaldo Holanda para governador.  

Olha aí!

A quem pertence um imóvel localizado na rua Godofredo Viana, entre Getúlio Vargas e Dorgival Pinheiro? Há anos o prédio está fechado. O último órgão que funcionou ali foi a Seccional da Procuradoria da Fazenda Nacional. Seria, então, o imóvel do governo federal? O poder público, seja da esfera municipal, estadual ou nacional, costuma alugar imóveis com valores altíssimos, enquanto que há prédios públicos abandonados. Entenda!

E…

Há um terreno de tamanho considerável atrás da prefeitura de Imperatriz, hoje servindo de garagem e até de “cemitério” de ambulâncias, onde há pelo menos dez sucateadas. Um espaço que daria para fazer um prédio e abrigar vários órgãos da prefeitura que estão em imóveis alugados.
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...