MENU

21/08/2020 às 07h35min - Atualizada em 21/08/2020 às 07h35min

Linha de Fundo

Virou bagunça
Parece que o Cavalo de Aço virou mesmo a casa da mãe Joana. Ontem de manhã ligaram para a coluna para dizer que não tinha ônibus para levar o time para treinar. Pela manhã, houve uma movimentação apenas para alguns jogadores, já que somente a tarde é que todos treinaram. Virou uma bagunça só o clube Colorado. Isso é lamentável e só vai melhorar a relação se o time der a volta por cima e se classificar hoje para a semifinal do Campeonato Maranhense.

Fora
Se o Imperatriz for eliminado hoje, vai ficar fora das principais competições a nível nacional, como Copa do Brasil e Copa do Nordeste, que paga uma boa grana, desde as primeiras fases, dependendo do ranking do clube. O torcedor do Imperatriz já se acostumou com o time disputando as principais competições a nível nacional e vai ficar frustrado se ficar fora em 2021. Infelizmente, a atual diretoria executiva, que tem à frente o empresário Adauto Carvalho, desviou o foco e praticamente abandonou o clube à própria sorte. Política e futebol não costumam andar juntos. 

Mais um
E para continuar piorando, mais um jogador pediu para sair. Agora foi o zagueiro Ramon Baiano, o primeiro que se contaminou com o coronavírus e que pode ter sido de onda partiu, para que vários outros jogadores e membros da Comissão Técnica, fosse infectado. Um excelente zagueiro, que tinha acabado de chegar em sua segunda passagem pelo Cavalo de Aço. E certamente outros pedirão para sair, principalmente dos jogadores que já estavam no elenco. 

Só a classificação 
A torcida do Imperatriz está se manifestando nas redes sociais quebrando o pau na diretoria e no pessoal que assumiu agora, e dizem que não aceitam outra situação, que não seja a classificação para a semifinal do Campeonato Maranhense. Alguns prometeram manifestações. O jogo de volta contra o São José será hoje, às 15h30, no Frei Epifânio. Se vencer por três gols de diferença, a decisão vai para os pênaltis, quatro ou mais, o Imperatriz se classifica direto. Mas o Peixe Pedra pode perder até por dois gols de diferença que se classifica, além da vantagem do empate. 

Cego em tiroteio
O pessoal que assumiu o departamento de futebol do Imperatriz está mais perdido do que cego em tiroteio. Pode melhorar, porque chegaram agora, realmente a situação financeira do clube é péssima atualmente. Antes da pandemia, o barco vinha navegando em águas mais calmas, mas depois disso e a falta de senso da diretoria, a coisa piorou muito. Não se pode ficar culpando o presidente do Conselho, Antonio Torres, por ter tomado essa decisão de entregar o clube a JB Sports. A decisão não foi só dele. Os Conselheiros e o presidente que já estava mesmo doido para deixar o barco, porque tomou outro foco, concordaram com a decisão. 

CURTINHAS
E tem mais: a coisa pode piorar muito mais ainda se o time for rebaixado para a Série D***A diretoria comandada pelo empresário Adauto Carvalho tem o mérito de ter subido o time para a Série C e, claro, que não quer o desmérito de descê-lo para a D***Portanto, o que todos esperam é que o time se classifique hoje para a semifinal, chegue à final, conquiste o título e aí as portas se abrirão novamente***Ano passado, muita gente achava que o Imperatriz já estava morto e trouxe o título de São Luís***Mas naquele ano a diretoria estava focada e agora é diferente, todos perderam o foco e se enveredaram pelo mundo da política***Vamos ficar na torcida e caso o São José seja o vencedor, palmas para o Zequinha, porque saiu praticamente de um rebaixamento para a glória.

Link
DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA

DEMA DE OLIVEIRA é responsável pelas editorias de Polícia e Esportes

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...