MENU

14/07/2021 às 00h00min - Atualizada em 14/07/2021 às 00h00min

Coluna do Lima Rodrigues


A tecnologia em prol do agronegócio

A tecnologia é fundamental no desenvolvimento do agronegócio. E o Conexão Rural do próximo fim de semana trará duas matérias sobre o assunto. Com o apoio da CAMPO – Companhia de Promoção Agrícola, com sede em Brasília, na pessoa de seu presidente, Emiliano Botelho, nós fomos até Paracatu (MG) fazer uma reportagem sobre as análises de solo, de fertilizantes, de folhas e na área do meio ambiente. E fizemos outra reportagem sobre o Centro Tecnológico de Apoio à Agricultura Familiar (CEFAF), mantido pela prefeitura de Parauapebas (PA), por intermédio da Secretara Municipal de Produção Rural (Sempror).

Campo Análises

Em 1994 a CAMPO decide criar a divisão de análise agrícola para prestar serviços de análises de solo e de folhas.

O presidente da CAMPO, Emiliano Botelho, disse que ainda em 1994 a Campo Análises recebeu o apoio da JICA, órgão de fomento do governo japonês, para a compra de um ICP- Espectrômetro de Emissão Atômica, equipamento ainda pouco comum no Brasil.  “Essa máquina veio para o Brasil, começamos a trabalhar, e a Campo Análises passou a ser a maior empresa do Grupo CAMPO. Hoje, são nove laboratórios (sete em Paracatu e dois em Sergipe). Antes, o atendimento era assim distribuído: 70% agricultura e 30% meio ambiente. Hoje, 60% é atendimento para meio ambiente e 40% para agricultura. Eles se tornaram o maior conjunto de laboratórios voltados para meio ambiente, análises ambientais e agricultura do Brasil. E esse conjunto é considerado pela Unicamp e pela Embrapa como o principal laboratório do nosso país. Fico feliz pela doação feita pelos os japoneses, porque isso nos proporcionou um avanço considerável não só no desenvolvimento da agricultura no cerrado, mas principalmente, na defesa do meio ambiente aqui no Brasil”, afirmou o empresário Emiliano Botelho.

Ampliação

Em Paracatu, o diretor executivo Geraldo Jânio, nos contou mais detalhes da história da Campo Análises. “Em 1995, a Campo adquiriu o seu primeiro equipamento para análise do solo em utilização de forma comercial. A empresa foi pioneira na utilização dessa tecnologia no país. Primeiro, em uma fazenda a 80km de Paracatu, denominada Unidade de Biotecnologia e em 1998 a unidade foi transferida para Paracatu, por causa do aumento da demanda”.

Geraldo Jânio destacou ainda que em 1998 a Campo firmou parceria com a Coopervap-Cooperativa dos Produtores de Leite e Grãos de Paracatu para atendimento de seus cooperados e a instalação do laboratório em sua sede.  “No começo de 2002 a Campo Análises mudou-se para a sede própria, na Rua Lindolfo Garcia Adjuto, no bairro Alto do Córrego, em Paracatu, diversificando a sua área de atuação. Foram criados novos laboratórios e introduzidas as áreas de análises de fertilizantes e e corretivos de solo”, disse ele.

ISO 17025

Em 2003, após a estruturação do laboratório de fertilizantes, a Campo começou a estruturar o laboratório ambiental, levando em conta que a região de Paracatu é rica em mineração, tendo, por exemplo, a maior mina de ouro do Brasil e uma das maiores minas de zinco do país. “Em 2005, a Campo Análises recebeu a primeira certificação ISO 17025, ou seja, a partir desta certificação, todas as análises feitas em Paracatu tem reconhecimento mundial, com qualidade assegurada pelos padrão ISO. Os resultados obtidos em seus laboratórios são equivalentes aos de outros laboratórios certificados do país e do mundo”, informou o diretor da empresa.

Segundo Geraldo, “a Campo Análise atende clientes de todo o Brasil, com destaque para os estados de Minas Gerais, Goiás, Bahia, Tocantins, Piauí e Maranhão”.  Disse ainda que “os clientes são pequenos, médios e grandes produtores, grandes empresas agrícolas, agroindústrias, empresas de mineração e metalurgia”.

A Campo Análises, localizada em Paracatu (MG) foi fundada em 1994 e hoje conta com sete laboratórios, que atuam nas áreas agrícola, de bromatologia e de meio ambiente. E conta ainda com um laboratório móvel de qualidade do ar e emissão de particulados de chaminés.

Em companhia do diretor Geraldo Jânio, conhecemos as dependências da Campo Análises e o trabalho desenvolvido pelo técnicos e profissionais das diversas áreas que atuam na empresa. E todos os detalhes você verá no Conexão Rural do próximo fim de semana na TV Web O Progresso.

Agradecimento

Parabéns a todos os funcionários da Campo Análises pelo trabalho desenvolvido e muito obrigado ao diretor executivo Geraldo Jânio Lima e toda sua equipe pela bela receptividade à equipe do Conexão Rural. E obrigado ao presidente da CAMPO – Companhia de Promoção Agrícola, Emiliano Botelho, pelo o apoio para que fóssemos até Paracatu fazer a reportagem sobre o trabalho desenvolvido pela Campo Análises.

CEFAT

Em Parauapebas (PA), além de compartilhar conhecimento, o Centro Tecnológico de Apoio à Agricultura Familiar (CETAF), mantido pela prefeitura municipal, por intermédio da Secretaria de Produção Rural, oferece assistência técnica, insumos e maquinário para os produtores rurais do município.

Localizado no km 23 da rodovia PA-160, que liga Parauapebas a Canaã dos Carajás, no sudeste paraense, o CETAF atende mensalmente centenas de produtores rurais, desde o fornecimento de insumos como: mudas, calcário e adubos, apoio de maquinário e demais implementos para fazer as benfeitorias em suas propriedades, de acordo com a Secretaria de Produção Rural, conforme disse ao Conexão Rural o coordenador do CETAF, o engenheiro agrônomo Allan Souza.

O Conexão Rural entrevista ainda o secretário de Produção Rural de Parauapebas, Milton Zimmer. Ele destaca a importância do CETAF para o fortalecimento da agropecuária no município de Parauapebas.

Ministro da Infraestrutura

O programa traz ainda uma entrevista exclusiva com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Ele fala sobre os investimentos em rodovias, ferrovias (com destaque para a Norte Sul) e hidrovias, com destaque para as obras de dragagem e derrocamento  do Pedral do Lourenço no rio Tocantins, entre Marabá e Baião, no Pará.

Música

O Conexão Rural trará ainda a música dos brasilienses Diego Machado e André Raell.

Megaleilão CFM

Uma boa notícia para pecuaristas do Maranhão, do Pará, da região Norte e de todo o Brasil. Contagem regressiva para o megaleilão de touros Nelore CFM. Será no dia 5 de agosto em versão virtual, com a oferta de 500 touros nelore. São reprodutores prontos para o trabalho a campo, que se destacam em fertilidade, precocidade, ganho de peso e qualidade de carcaça. Descontos progressivos nas baterias de touros e comissões de compra reduzidas, podendo chegar a zero.

Frete sem custo para Santa Inês, no Maranhão; Novo Progresso e Redenção, no Pará; e Correntina e Feira de Santana, na Bahia.

A entrega também é gratuita para São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás e Tocantins, além de toda a malha rodoviária do país, em caso de compra de carga fechada (16 ou 24 touros).

Mais informações: www.agrocfm.com.br e telefone (17) 99775-3618.
Link
Relacionadas »
Comentários »
Loading...