MENU

14/07/2021 às 00h00min - Atualizada em 14/07/2021 às 00h00min

Bastidores

Vacina vencida

O recebimento de lote de vacinas com a data de validade vencida não ocorreu em 96,5% Municípios que participaram da nova pesquisa da Confederação Nacional de Municípios (CNM) sobre a Covid-19 - equivalente a 2.621 cidades. Na semana passada, foram ouvidos 2.715 gestores, o que representa 48,8% do total de prefeituras do país. Dos que participaram, 1,3%, ou seja, 32 Municípios, relataram que receberam lotes vencidos. Outra novidade da 16ª edição do levantamento, feito entre os dias 5 e 8 de julho, é a possibilidade de escolha de vacinas por parte da população. Em 68,5% dos Municípios entrevistados, a escolha pelo tipo da vacina é uma prática comum, são ao todo 1.860 cidades onde a população está tendo este comportamento, em 20,2% não está ocorrendo isto. Além disso, a vacina da Janssen já foi distribuída para 89,4% dos Municípios, ela difere das demais por ser aplicada em uma única dose. Em relação ao aumento de casos, 16,4% dos pesquisados declararam que houve aumento do número de pessoas infectadas; 34% se manteveram no mesmo patamar; e 43,5% houve redução de positivados. Pela quarta vez consecutiva, a pesquisa aponta a manutenção de novos infectados em níveis altos. O crescimento de casos continua concentrado nos Municípios de pequenos e grandes, com 17% e 10% do total. As informações são da Agência CNM de Notícias.

Mortes

Ainda de acordo com levantamento da CNM, enquanto 22,7% das localidades participantes da pesquisa afirmam que o número de mortes se manteve estável e 16,9% sugerem uma diminuição, em 46,3% dos Municípios pesquisados não houve nenhum óbito de Covid-19 na semana passada. Contudo, 12,7% tinham a ocupação dos leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) acima de 95%; 14,8% estavam com a capacidade de lotação em 90%; 16,7% acima de 80%; 25,3% das cidades estavam 60% e 80%; e apenas 15,9% estavam com os leitos abaixo de 60% de ocupação.

E…

A polêmica do momento é a antecipação da vacinação da segunda dose da AstraZeneca. Alguns municípios resolveram antecipar, como está ocorrendo em Imperatriz. Pessoas que ainda não haviam completado 90 dias da primeira dose, estão recebendo a segunda. O governo estado diz que não autorizou os municípios a anteciparem. A antecipação seria para evitar desperdícios de lotes de vacinas supostamente recebidas com prazos de validade próximos de expirar. A Fiocruz já admite a possibilidade de uso da vacina em um intervalo de 4 a 12 semanas. Mas o Ministério da Saúde ainda não tomou nenhuma decisão.

Comitiva

Comitiva do governo, com a presença do vice-governador Carlos Brandão e do secretário de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto, realiza nesta quarta-feira vistoria a obras que estão em andamento em Imperatriz, como do Hospital da Região Tocantina (novo Socorrão) e do Centro de Ciências Agrárias (CCA), que abriga os Cursos de Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal e Medicina Veterinária. A comitiva também participa da entrega de obras de abastecimento de água realizadas pela Caema e acompanha a inauguração de novos órgãos públicos, além de se reunir com lideranças da cidade.

Ele disse

– “Eu não paro para bater boca. Cumpro o meu papel pelo bem do Brasil. Mas eleição vai haver, eu garanto. As eleições serão realizadas. A afirmação é do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro José Roberto Barroso, em declarações ao colunista Josias de Sousa, do UOL. Um recado para o presidente Jair Boilsonaro, que chegou a garantir que “ou teremos eleições limpas ou não temos eleições”.

Mudanças

Ontem o Senado iria apreciar projetos na área eleitoral. Os senadores poderiam votar proposta que limita o total de candidaturas que cada partido pode lançar na eleição proporcional. Outro item explicita, no Código Eleitoral, que as coligações partidárias somente são admitidas nas eleições majoritárias e dispõe sobre as sobras eleitorais. 
Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Relacionadas »
Comentários »
Loading...