MENU

15/07/2021 às 00h00min - Atualizada em 15/07/2021 às 00h00min

IMGUINORAPULIS

Capítulo XXII

*Republicado a pedidos
**Publicado originalmente em 13 de janeiro de 2013

Que diabo é isto?

Um certo dia, repentinamente, apareceu em IMGUINORAPULIS um jovem senhor de aproximadamente 30 a 35 anos de idade, com uma excelente aparência, dizendo se chamar EUGENIO, mas sempre omitindo o seu sobrenome, a sua família, a sua origem e procedência. Toda a população, inclusive eu, ficou curiosa com a presença de tal personalidade na cidade, até que em dado momento, quando participávamos de uma rodada de amigos na XURRASKARIA KIKAI NAKEDA, eu ousei lhe perguntar qual o motivo que o levou até a cidade, e ele, demonstrando uma certa imbecilidade e alto grau de arrogância, me respondeu com estas palavras, que ficaram gravadas em minha mente: - VIM INSTALAR UM HEBDOMADARIO QUE É O MAIS LINDIMO E SOADEIRO LEXICO DO NOSSO HOLOCENO!

- Que diabo é isso? Perguntou surpreso e curioso o vereador TONICO LEITOSO, e a minha resposta foi imediata: "Não sei!". A partir daquele momento, nos quatro cantos de IMGUINORAPULIS se tornou uma unanimidade, de boca em boca, a pergunta que eu dediquei como título deste capítulo: "Que diabo é isto?". E o tal EUGENIO, mesmo observando de perto toda a nossa aflição em querer saber do que se tratava, não nos dava a mínima pista, não explicava nada. Parecia até que sentia um grande prazer em nos ver em tamanho estado de ansiedade e de curiosidade. "Será que está relacionado a algo referente a alimentação?", comentou o japonês TATAKARA NUKU. "Que nada. Isto deve ser uma coisa relacionada com o espaço!", contestou o seu irmão gêmeo TAKUKU NAKARA. "Tomara que seja uma nova marca de cachaça, pois não aguento mais beber apenas a SETE QUEDAS!", comentou um popular que ouvia a nossa conversação.

O vereador DOTOR MATOUZINHO, metido a "sabichão", chegou a informar a quem lhe perguntasse "Que diabo é isso?", que tais palavras diziam respeito a economia. Mas a resposta mais interessante e engraçada foi dada pelo vereador ARLINDO BELO, que afirmou não ter a mínima ideia do que se tratava, mas que com certeza "deve dar muito trabalho, pois provoca muito soadeiro, que vem do suor". Quase morri de rir com a resposta, embora reconhecesse que, se analisarmos a frase ao pé da letra, tinha sentido. Era um raciocínio lógico.

E como há um velho dito popular de que "duas cabeças pensam melhor do que uma", ficamos pensando, pensando, pensando, até que descobrimos a tal luz no final do túnel: bastava irmos até o cursinho, pegarmos o "Pequeno Dicionário da Língua Portuguesa", do mestre Aurélio Buarque de Holanda, e consultarmos o significado daquelas tão difíceis palavras. E isso foi feito. Após a tradução, que contou inclusive com a ajuda do padre SANTOBALDO, que na ocasião ministrava uma aula de matemática para os nossos alunos, ficamos sabendo que "Hebdomadário que é o mais lidimo e soadeiro léxico do nosso holoceno", no nosso português popular significa: "Semanário que é o mais legítimo e notável dicionário da época atual".

Link
JAURO GURGEL

JAURO GURGEL

JAURO José Studart GURGEL, durante muitos anos Editor Regional de O PROGRESSO, em Araguaína (TO),

Relacionadas »
Comentários »
Loading...