MENU

20/08/2020 às 12h30min - Atualizada em 20/08/2020 às 12h30min

Bastidores

Chutou o balde
 
Ontem o prefeito Assis Ramos criticou a Caema devido à constante falta de água na cidade e outros problemas gerados pela empresa. “Não é de hoje que o Município mantém uma disputa jurídica, administrativa, com a Caema. A empresa não dá conta do serviço. Seria muito mais honroso para o governo se devolvesse a concessão para o Município. Infelizmente, em 2016 foi renovado o contrato por mais trinta anos. Uma concessão cheia de vícios, problemas e cláusulas draconianas. A gente está lutando juridicamente para tirar a Caema daqui. Nada contra os servidores, eles são guerreiros. Até ouvi dizer que eles estariam com salários atrasados. Mas preciso dar uma satisfação para a população. Recebo há vários anos reclamações contra o serviço prestado pela empresa, especialmente sobre o fornecimento de água nessa época, assim como a questão de esgoto”. Assis Ramos destacou que o “rio Tocantins está morrendo por causa da Caema e crianças adoecendo devido à qualidade da água”. Ele também lembrou sobre os buracos existes nas ruas, muitos surgidos devido a estouro da rede de esgoto e corte do asfalto para ligações.

Posse

Hoje, quinta-feira, toma posse o novo Diretório do Democratas de Imperatriz. O evento acontece na sede do partido, na Godofredo Viana, Centro. O prefeito Assis Ramos, pré-candidato à reeleição, será o presidente para o próximo biênio, tendo o professor e ex-vereador Esmerahdson de Pinho como seu vice. Como não haverá disputa interna, pois existe uma unidade em torno de uma chapa única, a escolha se dará de acordo com o estatuto do partido por aclamação. Na pauta do dia serão indicados, ainda, os delegados  e também a definição da data da convecção para o pleito de 15 de novembro próximo. Já existe um forte arco de alianças em torno do Democratas. Confirmados o Republicanos, Partido Liberal, PTB, PMN e MDB. Segundo o professor Esmerahdson de Pinho, até o final da semana que vem poderão ser anunciados mais dois partidos para o grupo de Assis Ramos. É aguardar.

Olha aí!

Os 85 candidatos sub judice do concurso da Polícia Militar do Maranhão afirmaram em entrevista à Rádio Mirante AM que pessoas já foram nomeadas com pontuação inferior à de muitos deles. O certame foi realizado em 2017 e o grupo ainda aguarda a nomeação. Muitos deixaram o emprego para assumir o cargo na PM e estão sem trabalhar. O que está ocorrendo para que o governo esteja protelando as nomeações dos concursados?  

 Falecimento

Ontem a direção do PSL de Imperatriz divulgou uma nota comunicando o falecimento de Marcos Carvalho, pré-candidato a vereador às eleições 2020. Ele foi vítima da Covid-19 e faleceu na manhã de ontem. Além de pré-candidato, Carvalho era membro do Diretório Municipal do PSL, presidido pelo ex-vereador Raimundo Roma.

E…

Segundo boletim da Secretaria Municipal de Saúde atualizado até às 12h desta quarta-feira, em Imperatriz já haviam sido registrados 295 óbitos por coronavírus. Havia sido confirmado um novo de Covid-19 e sete recuperados. Os casos registrados desde o início da pandemia são 4.973, o que representa 3,62% do total de casos no Maranhão (137.408). Desses, 7.889 casos continuam ativos em todo o estado, representando 1,45% em Imperatriz. 

Será?

A denúncia é do deputado estadual Adriano Sarney (PV): a Equatorial estaria descumprindo a lei n° 11.280/2020, que proíbe a interrupção do fornecimento de energia elétrica dos maranhenses durante o plano de contingência do novo coronavírus. Ele solicitou uma investigação, observando que em visitas a bairros de São Luís vem recebendo denúncias dos consumidores por receberem o reaviso de vencimento ameaçando o corte do fornecimento de energia elétrica, caso não seja efetuado o pagamento em 15 dias.

Link
CORIOLANO FILHO

CORIOLANO FILHO

CORIOLANO Miranda Rocha FILHO, passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Loading...