Direito do Trabalho

Direito do Trabalho

Gestante e estabilidade provisória

Meus amigos.

A Lei 12.812 em 17/05/13 que acrescentou o artigo 391-A à CLT dispõe que "a confirmação do estado de gravidez advindo no curso do contrato de trabalho, ainda que durante o prazo do aviso prévio trabalhado ou indenizado, garante à empregada gestante a estabilidade provisória prevista na alínea b do inciso II do art. 10 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias." Lembrando o que prevê o ADCT,: Art. 10 - Até que seja promulgada a lei complementar a que se refere o Art., I, da Constituição: II - fica vedada a dispensa arbitrária ou ...

leia mais +

Finados e Direito do Trabalho

Meus amigos.

Na maioria dos países ocidentais, o Dia de Finados é celebrado em 02 de novembro. Isso ocorre desde a Idade Média, após essa data ter sido sugerida pelo abade Odilon de Cluny. Mas qual a relação entre essa data e o Direito do Trabalho?

Explico-lhes. Segundo as leis trabalhistas, o trabalho em feriados civis e religiosos é proibido, mas a regra não é válida para todos os segmentos. Alguns setores, que por motivos técnicos, não podem interromper suas atividades, podem funcionar normalmente. Existem empresas que não podem interromper as atividades por prestarem ...

leia mais +

Dirigente de clube e vínculo

Meus amigos.

O TST, por sua Quinta Turma, proferiu interessante decisão, ao julgar um processo em que dirigente de um clube de futebol requeria o reconhecimento de vinculo de emprego.

Com efeito, em reclamação trabalhista diz o reclamante em sua inicial que foi membro da diretoria da entidade na condição de vice-presidente financeiro e de esporte amador olímpico. Ele disse que havia sido admitido em janeiro de 2009 para exercer a função de diretor administrativo e financeiro e que, em janeiro de 2013, passou a ocupar o cargo a Vice-Presidência de Esporte Amador até ...

leia mais +

Discriminação por idade e dispensa

Meus amigos.

Dentre os poderes conferidos ao empregador existe o “potestativo”, ou seja, exercer o direito de despedir seu empregado, sem justa causa, pagando-lhe o que é devido. Pois bem. E se essa dispensa for discriminatória, por exemplo, empregado com 65 anos e mais de 30 anos no emprego, sem cometer qualquer deslize, poderia este requerer a sua reintegração ao emprego? De quem é a prova? Examinemos interessante caso decidido pelo TST, sobre a matéria.

Com efeito, um diretor do SESC do Paraná trabalhou de 1975 a 2010 e, por 20 anos, foi diretor ...

leia mais +

Dano existencial

Meus amigos.

Não sei se já ouviram a expressão que nominamos o presente artigo, pois, como veremos, trata-se de construção recente. Com efeito, o dano existencial surgiu após a percepção de que não somente o direito a saúde do trabalhador deveria ser tutelado, mas sim que tal tutela deveria ser ampliada para que fosse abrangido também o dano existencial. O dano existencial resulta de uma conduta do empregador que alcance a perda de vitalidade da pessoa, ou seja, compromete a sua convivência em sociedade.

O seu conceito pode ser assim enunciado: “O dano existencial ...

leia mais +

Cabo eleitoral e vínculo

Meus amigos.

Em ano de eleições muito se discute sobre a real possibilidade da existência do vínculo empregatício entre o cabo eleitoral com o candidato ou partido político e os possíveis direitos trabalhistas decorrentes dessa prestação de serviço.

Há que ser considerado alguns questionamentos. Essa prestação de serviço gera o reconhecimento do vínculo de emprego? Que direitos trabalhistas teriam estes trabalhadores, caso fosse configurado o vínculo?

No que se refere à contratação de pessoas para divulgação do candidato e atendimento em comitês, os chamados “cabos eleitorais”, a regra é a observância do ...

leia mais +

Decisões inéditas

Meus amigos.

Trago hoje a vocês duas interessantes e inéditas decisões tomadas pelo TST em casos que, a meu ver, são pioneiros na Justiça Especializada. Refiro-me ao primeiro que aponta que o uso de produto de limpeza domestica não caracteriza insalubridade e o auxilio creche para o pai só é concedido em casos especiais. Examinemos.

Em reclamação trabalhista, com base em laudo elaborado pelo perito judicial que constatou a existência de insalubridade em grau médio, o juiz da 6ª Vara do Trabalho de Porto Alegre (RS) condenou a empresa a pagar o adicional no ...

leia mais +

Invalidez e plano de saúde

Meus amigos.

Todos nós sabemos que com a aposentadoria do empregado cessa o plano de saúde. Mas e se a aposentadoria do empregado for por invalidez? Poderá o empregador cancelar o plano de saúde? Vejamos o que decidiu o TST sobre o assunto.

Com efeito, a Constituição Federal, no seu art. 7º, XXII, garante aos empregados a redução dos riscos inerentes ao trabalho, por meio de normas de saúde, higiene e segurança.

Portanto, a Constituição fixa direitos mínimos dos trabalhadores, configurando-se a saúde como um direito irrenunciável dele.

Em reclamação ...

leia mais +

Prof. Doutor Fernando Belfort

Fernando Belfort é Desembargador aposentado do TRT 16ªR, advogado graduado em Direito pela Universidade Federal do Maranhão, Mestre em Direito (UFPE 2002) e doutor em Direito (PUC/SP 2008). Professor associado da Universidade Federal do Maranhão e membro da Academia Nacional de Direito do Trabalho, é autor de vários livros e artigos em LTr. Tem experiência nas seguintes áreas: cálculos trabalhistas, contribuição sindical, sindicatos e direito coletivo do trabalho e direito Processual do Trabalho. e-mail: fbelfortadv@hotmail.com