UTIs

A prefeitura de Imperatriz entregou, ontem pela manhã, mais 10 leitos de UTIs. Se o estado não tivesse retirado as 20 antes existentes, teríamos, agora, um grande reforço no atendimento médico em Imperatriz, pois seriam trinta novos leitos à disposição da população regional. No entanto, o governo fechou as que estavam funcionando sob a responsabilidade do estado.

Audiência

Está sendo anunciada para o próximo dia 14 audiência pública na Câmara de Vereadores com o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, e espera-se que os vereadores exijam explicações e não apenas joguem confetes sobre as ações de saúde do estado em Imperatriz. Cobrem não só a volta das UTIs, também expliquem porque o estado deixou de repassar ajuda financeira para Imperatriz, como era feito na gestão passada.

Primeiro

O primeiro paciente a utilizar a nova UTI foi no Hospital Alvorada. Preocupada com a retirada dos leitos de UTI custeados pelo Estado em Imperatriz, que tem provocado transtornos e até morte de usuários da rede de saúde pública, a gestão municipal fechou acordo com a empresa STI para prestação dessa assistência, aumentando de 20 para 30 o número de leitos disponíveis.

Manifestação

"Com grande alegria recebo nesse instante uma grande manifestação de apoio da população de Açailândia e região. Os metalúrgicos da cidade realizam evento e publicamente reconhecem o trabalho que venho realizando como deputado estadual. Os vereadores do G-10 também fizeram sua adesão de apoio. Fico gratificado e isso me motiva a seguir firme nessa luta. Obrigado, gente". Do deputado Léo Cunha ao receber apoio dos vereadores em Açailândia.

Homenagem

A Prefeitura de Açailândia, através da Secretaria Municipal de Saúde, entrega à população a maior Unidade Básica de Saúde do Município e uma das maiores do Maranhão, que leva o nome do Dr. Dalvadizio Moreira (IN MEMORIAM), um dos médicos pioneiros do município de Açailândia. A unidade fica localizada no bairro Getat (em frente à então residência do homenageado).

Açailândia

Com o tema "Cangaço, o coração da loucura", uma abordagem sobre questões sociais, como a esquizofrenia, a Matutos do Rei, de Açailândia, foi a grande campeã da edição de 10 anos do Arraiá da Mira e consagrou-se pentacampeã. A junina sensibilizou o grande público presente e encantou os jurados, que deram 10 em todos os quesitos de avaliação, gabaritando o concurso com 180 pontos.

Exército

O prefeito Nelson Horácio, a secretária municipal de Saúde, Soraia Fonseca, e a secretária de Assistencial Social e Direitos Humanos, Loanmy Barbosa, estiveram ontem pela manhã participando das ações do Exército Brasileiro em parceria com a prefeitura municipal. No projeto "Ação Cívico Social do Exército Brasileiro" naquela cidade.

São Luís

O jornalista e fotógrafo Brawny Meireles lança depois de amanhã, 13, a mais nova edição de seu livro "Nossa São Luís" (ele é autor de livro semelhante sobre Imperatriz). O evento acontece a partir das 19 horas desta quarta-feira, na sede da Associação Maranhense dos Escritores Independentes (AMEI), no Shopping São Luís, na capital maranhense.

Criação

O Plenário da Câmara dos Deputados pode votar, a partir desta terça-feira (12), o Projeto de Lei Complementar (PLP) 137/15, do Senado, que regulamenta a criação de municípios. Proposta precisa do apoio de um mínimo de 257 deputados para ser aprovada. Hoje, o Brasil tem 5.570 municípios. Segundo o texto, os plebiscitos realizados até 31 de dezembro de 2013 e os atos legislativos que autorizam sua realização serão validados para dar prosseguimento aos casos pendentes.

Resistência

Entretanto, há resistência de alguns partidos a esse dispositivo, pois ele permitiria a criação de municípios sem as regras previstas no projeto, mais restritivas. Além de plebiscito, o projeto prevê a realização de estudos de viabilidade com vários critérios financeiros, um número mínimo de habitantes no novo município e uma quantidade mínima de imóveis. O texto é igual ao do PLP 397/14, um dos dois projetos sobre o tema vetados anteriormente pela então presidente Dilma Rousseff.