Empolgação

Os seis pré-candidatos que se movimentam para tentar atrair a simpatia dos eleitores maranhenses a fim de ocupar duas cadeiras no Senado não conseguem se aproximar do maior fenômeno desta eleição, Nenhum Branco Nulo. Segundo pesquisa do Instituto Exata divulgada nessa terça-feira (05) pelo Jornal Pequeno, este aparece com maior percentual do que pensa o eleitor fazer no dia da eleição.

Comissão

Como estava previsto, a nova comissão provisória do PMN em Imperatriz já assumiu, tendo como presidente o vice-prefeito Alex Rocha, que também é pré-candidato a deputado estadual. E tem ainda José Herminio e Esmerahdson de Pinho como integrantes.

Candidatos

Além de Alex, que vai brigar por uma vaga no parlamento estadual, o PMN terá ainda o pastor Ricardo como candidato a deputado estadual e Esmerahdson de Pinho como candidato a deputado federal. A comissão informa que vai promover um grande encontro regional com a presença do deputado estadual Eduardo Braide, que é pré-candidato a governador.

Diminuindo

Após o cessar das chuvas, o nível do rio Tocantins diminuiu gradativamente nos últimos dias. Segundo monitoramento diário da Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil, a média estava -1,73 metros abaixo de zero, nessa terça-feira, 5.

Gradativamente

De acordo com o superintendente da Defesa Civil, Josiano Galvão, o nível chegou a -2,17m na última sexta-feira, 1º. "O rio está baixando gradativamente, com possibilidade de continuar baixando ainda mais nos próximos meses, e, por enquanto, sem previsão de seca". Segundo ele, não há motivos para preocupação.

Esperada

"A baixa já era esperada nesta época do ano, pois as usinas hidrelétricas passam a ter um aproveitamento mínimo, abrindo espaço para que ocorra a baixa das águas durante a temporada de praias do rio Tocantins, conforme determina a resolução nº 376, de 06/06/2011, da Agência Nacional de Águas, ANA", explica.

Veraneio

A Prefeitura de Imperatriz finaliza os preparativos para a abertura do veraneio 2018, que começa em 14 de julho e termina em 16 de setembro, com extensa programação nas praias do Meio e Cacau.

Municípios

Integrante da Comissão Especial que analisa o PLP 137/2015, que trata sobre a criação de municípios, o deputado federal Hildo Rocha voltou a defender a tese. Em entrevista ao Programa Palavra Aberta, da TV Câmara, o parlamentar afirmou que a criação, a incorporação, a fusão e o desmembramento de Municípios não implicará em novas despesas para a União, Estados e Municípios.

Despesas

"Essa história de que vai criar despesas não é verdade, não haverá aumento de despesas. Os recursos continuarão os mesmos. O que vai acontecer é apenas um remanejamento de recursos. Os critérios de distribuição do FPM continuarão os mesmos, ou seja, de acordo com a população e o tamanho do território", afirmou o deputado. Rocha explicou que os municípios, que eventualmente venham a dar origem a novas cidades, irão repassar as obrigações para os municípios que forem criados, declarou.

Constituição

Rocha enfatizou que a criação de municípios está prevista na Constituição Federal. "Os deputados não estão criando nenhuma novidade. Estamos apenas cumprindo com o nosso dever constitucional de aprovar lei complementar estabelecendo regras para que as Assembleias Legislativas possam realizar os procedimentos legais indispensáveis para a criação de municípios", afirmou o deputado.