Alckmin

Mais um presidencial desembarca no Maranhão esta semana: sábado (11), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), desembarca em Imperatriz para participar de um seminário sobre preservação da nascente do rio Tocantins, oportunidade em que deverá anunciar um empréstimo de bombas usadas no período da crise hídrica em São Paulo para que a Caema possa captar água e acabar com a interrupção no abastecimento da cidade. Ainda não está confirmada a passagem do governador pela capital.

Loterias

O sonho alimentado por milhões de brasileiro de se tornar milionário por meio de uma aposta de loteria fez com que a Caixa Federal arrecadasse, de janeiro a outubro deste ano, mais de R$ 10,9 bilhões com esse tipo de aposta, o que representa 7,2% a mais em relação ao mesmo período do ano passado. Somente no mês de outubro, a arrecadação foi de R$ 976 milhões, com mais de 210 milhões de transações que premiaram 22 milhões de apostas, distribuindo um total R$ 361 milhões em prêmios.

Reajuste

Além do gás de cozinha, a Petrobras reajustou semana passada em 6,5% os preços do gás destinado a uso industrial e comercial. Segundo o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás), o aumento ficará entre 4,5% e 7,7% para o consumidor, dependendo do polo de suprimento. Com este aumento de preços, a estimativa do Sindigás é que o valor do produto destinado a embalagens maiores que a 13 kg ficará 46% acima da paridade de importação.

Riscos

O Maranhão é o segundo estado que oferece mais riscos aos motociclistas em todo o país, pois das 1.626 mortes em decorrência de acidentes de trânsito registradas em 2015, 65% envolveram condutores de moto. Apenas o Piauí apresentou resultado pior, com 68%. Motoristas representam 16% dos óbitos e pedestres 13%. Ônibus e caminhões integram os 6% restantes.

Motociclistas

O índice de mortes por 100 mil habitantes no estado permanece acima da média nacional, com 23,6. Apesar dos dados alarmantes, o cenário mostra melhora: na comparação anual com 2014, o total de falecimentos nas vias maranhenses caiu 10%. Apontado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um dos países com trânsito mais violento do mundo, o Brasil registrou uma baixa histórica no indicador de mortalidade devido a acidentes. O índice de óbitos por 100 mil habitantes recuou a 19,2 em 2015, o melhor resultado desde 2004.

Retrato

Os dados constam na quarta edição do relatório “Retrato da Segurança Viária”, desenvolvido pela indústria Ambev (maior fabricante de bebida alcoólica do país) e pela consultoria Falconi com o objetivo de auxiliar a elaboração de políticas efetivas de combate aos acidentes de trânsito.

Presidência

Pode parecer contraditório à primeira vista, mas o é fato que não foi bom para o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), o lançamento de Manuela D’Ávila como pré-candidata à Presidência da República pelo PCdoB. E a principal baixa, no caso do Maranhão, diz respeito ao afastamento praticamente que imediato do PT da base de apoio a Dino.

Bueiro

Usando recursos próprios, o vereador Chiquim da Diferro concluiu no sábado o bueiro que vai permitir interligar a rua 10 entre as ruas Tiradentes/Silvino Santis, no bairro São José, normalizando desta forma a trafegabilidade de pessoas e veículos no referido trecho que há muito estava interrompido. Aproveitou ainda para fazer uma passagem na rua Santo Agostinho com Dom Evaristo, no Bom Sucesso. A comunidade agradeceu ao parlamentar.

Diabetes

Avança o projeto do deputado Wellington do Curso que prevê a criação de setores exclusivos em supermercados para produtos  destinados às pessoas que sofrem de diabetes ou intolerância a lactose. O projeto foi aprovado nas comissões da Assembleia e deverá ir a plenário nos próximos dias. E Certamente uma boa e sugestiva ideia.