Ampliando

O deputado estadual Léo Cunha continua ampliando espaço político com vistas à reeleição. Ontem, em Grajaú, foi recebido pelo prefeito Mercial Arruda e sua equipe de trabalho, onde tratou de assuntos referentes à cidade e de algumas demandas para o município. Estava acompanhado dos vereadores Neto Carvalho (presidente da Câmara), Eduardo Ribeiro e Darci Soares, ambos do PSC. “O prefeito Mercial me solicitou apoio na busca por recursos para Grajaú. De imediato, já estamos trabalhando nesta solução”, disse ele.

Senador

Enquanto isso, seu irmão Ribinha Cunha, que foi lançado candidato a senador pelo presidente nacional do PSC, Pastor Everaldo, está se preparando para anunciar de forma oficial sua candidatura. No momento, Ribinha tem primeiro escutado aliados e lideranças políticas para então tomar a decisão.

Concurso

A base governista barrou um pedido de informações protocolado pelo deputado Wellington do Curso (PP). A proposição seria encaminhada ao secretário de Estado de Administração Penitenciária, Murilo Andrade, solicitando o envio da lista contendo as fichas de inscrições de todos os candidatos convocados no 1º Edital de convocação do Processo Seletivo Simplificado sob Nº 86/2017.

Obrigatoriedade

Uma nova proposta de emenda à Constituição (PEC 18/2017) foi apresentada no Senado com o objetivo de acabar com a obrigatoriedade do voto. A PEC mantém a obrigatoriedade do alistamento eleitoral para todos os cidadãos com mais de 18 anos, mas permite que só votem nas eleições se assim desejarem. Você concorda ou discorda? Dê a sua opinião, pede o deputado federal Hildo Rocha em sua página no Facebook. E você concorda?

Loucura

Imperatriz tem coisa. Depois de lançarem e não ver repercussão alguma sobre uma candidatura ao governo, blogueiros estão agora na tentativa de tornar o tal pré-candidato em vítima ao perguntar se o ato dele é loucura. É loucura, embora, como eleitor, ele possa sim disputar qualquer cargo eletivo. O problema existe no fato de que isolado, sem recursos, sem grupo e um mero desconhecido, faz com que ele não entre no debate até porque nunca foi candidato ou se elegeu a qualquer coisa. Pior pelo visto não há mais tempo para se formar um candidato com potencial para vencer o pleito contra quem já está há tempo pavimentando a estrada.

Tucano

E hoje o senador Roberto Rocha volta ao ninho tucano depois de seis anos longe da sigla. Por enquanto, não se sabe se ele chegará como oficial ou apenas um soldado no partido. Pois, se chegar como simples soldado, não terá forças para aglutinar pessoas do partido e nem mesmo a sua pré-candidatura a governador.

Madeira

Partindo deste princípio, é fácil prever que a cúpula nacional do PSDB deverá também promover a mudança no comando da sigla no estado e o nome hoje mais visível para comandar o ninho tucano é o do ex-prefeito Madeira. Os dois, Roberto Rocha e Madeira, sabem que, se não assumirem o controle da sigla, não terão forças para impor seus projetos.

Feira

Um modelo de negócios que poderá render menos ambulantes nas ruas. A implantação de feiras livres rotativas por semanas. Além de oferecer aos consumidores produtos diferenciados e por menor preço, pois vêm do produtor direto para o consumidor, se tornará ponto turístico com as pessoas indo também para lanchar e passear. Pode ser, inclusive, em horário noturno.

Outubro

Já disse aqui e irei repetir: mesmo sem ser nomeada a nenhum cargo na prefeitura, a primeira-dama Janaína Ramos mostra que tem responsabilidade para com a administração do marido Assis Ramos e participa ativamente de ações sociais. Agora mesmo, ela está divulgando em um vídeo sobre o Outubro Rosa, em que pede às mulheres mais atenção no combate ao câncer de mama.