Criança Feliz

Apoiar a gestante e a família na preparação para o nascimento da criança e promover o desenvolvimento infantil de forma integral. Esses são dois dos objetivos do programa ‘Criança Feliz’, criado pelo Governo Federal e que já está sendo desenvolvido em Imperatriz, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Assistência Social. Os profissionais contratados para os trabalhos já estão em campo, após passarem por um processo de qualificação realizado pela Prefeitura. As equipes estão realizando visitas em domicílios de crianças e gestantes na Sede, Centro, nos Cras, entre eles no Santa Lúcia.

Acompanhamento

Segundo a secretária municipal de Assistência Social, Fátima Avelino, esta etapa dá início a um processo de acompanhamento das crianças e gestantes, que é quando os técnicos fornecem orientações sobre práticas que estimulam vínculos familiares e comunitários, bem como o desenvolvimento infantil. “Estes profissionais estão capacitados em diversas áreas, como saúde, educação, direitos humanos, cultura, dentre outros, de forma que estão aptos a atuarem no programa colaborando para que se atinja os objetivos propostos”, explica.

Olhos

Este programa é um dos projetos que a primeira-dama Janaína Ramos tem como prioridade e faz questão de visitar as coordenações para saber como anda o seu dia a dia. Janaína, pessoalmente, vai aos Cras para conversar com os agentes públicos integrantes das equipes do Criança Feliz e isso tem incentivado o bom desempenho do projeto em Imperatriz.

Faculdades

O Ministério da Educação autorizou a abertura de oito cursos de nível superior no Maranhão, todos eles para instituições privadas. Em São Luís, a Universidade Devry foi autorizada a criar os de Segurança da Informação, Análise e Desenvolvimento e de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, e a Santa Terezinha Sest, o de Logística; em Imperatriz, a Faculdade Imperatriz, os de Engenharia Civil e Engenharia Elétrica; e em Timon, Instituto de Ensino Superior Múltiplo, Radiologia e o de Marketing.

Contadores

Candidato a presidente do Conselho Regional de Contabilidade (CRC), João Conrado de Carvalho diz que, se eleito, vai colocar o órgão no centro dos debates sobre questões econômicas no estado, pois entende que os contabilistas não podem continuar assistindo ao governo criando e modificando leis sobre temas que afetam diretamente esses profissionais, sem que eles sejam pelo menos consultados. Conrado diz que vai lutar também para que cada Prefeitura tenha seus departamentos próprios de contabilidade.

Combustíveis

A Petrobras anunciou nessa sexta-feira (29) quedas nos preços da gasolina e óleo diesel negociados em suas refinarias. A gasolina terá uma queda de preços de 2,1%, enquanto o recuo do diesel será de 1%, segundo informações da estatal. As quedas de preços já estão valendo e se referem apenas ao preço do combustível negociado para as distribuidoras. O preço para o consumidor final pode ter um reajuste diferente desse, porque o valor é definido pelos postos de combustíveis. Ou seja, nas bombas, os consumidores não sentirão diferença alguma. Nem mesmo redução mínima.

Barreira

O senador Roberto Rocha parece ter mesmo conseguido romper a barreira comunista para garantir o controle do PSDB. O parlamentar tem filiação confirmada para a próxima quarta-feira (4), em Brasília – com a participação de lideranças nacionais da legenda – e chega com status de dirigente, com o apoio de Sebastião Madeira, outro tucano de grande influência no partido em âmbito nacional. Mas deve lidar com uma revoada nos próximos meses. Embora esteja agindo para minimizar perdas, Rocha não deve conseguir manter filiados políticos mais ligados ao Palácio dos Leões.

Base

O motivo parece claro: pré-candidato a governador, Roberto Rocha conseguiu tirar da base comunista um importante aliado, e ainda cogita a possibilidade de ter ao seu lado a sigla que acaba de deixar, o PSB. Para tanto, ele torce que o comando socialista fique com a ala paulista da sigla. A ala pernambucana é mais ligada a Dino, mas não tem muita certeza de que pode vencer uma eleição para a presidência do partido agora.