Partido

Por não ter encontrado legenda para ser candidata a prefeita na eleição passada, a juíza aposentada Maria das Graças já está articulando um partido para ser candidata a deputada e informa que já tem uma sigla que lhe ofereceu vaga para disputar um mandato de deputada federal. O próprio PPS ofereceu legenda, só que para deputada estadual. E ela está avaliando pelo fato de que tem convite para ser candidata a federal. É hora de mexer os pauzinhos para se acomodar onde é melhor para ser candidata.

Eleições

Pior é que ainda não se tem nada de concreto como serão regidas as eleições. Isso tem provocado debates e discussões e deixado muitos pré-candidatos na moita, sem saber o que lhes esperam no ano que vem. Tudo deve estar definido até o dia 6 de outubro, um ano antes das eleições.

PPS

Falando em PPS, o comando regional da sigla esteve reunido no sábado apresentando aos filiados as mudanças que serão promovidas, já a partir deste mês, quando serão eleitos os diretórios e não mais comissões provisórias. Também o Pastor Porto, que é o secretário geral do partido, informou que vem analisando cuidadosamente uma candidatura a deputado federal e espera que os ventos continuem soprando a seu favor.

Viaturas

Na última segunda-feira, em São Luís, 52 viaturas foram entregues pelo governador e cinco vieram para a região atendendo a uma demanda das cidades de Montes Altos, Amarante, São Pedro da Água Branca, Senador La Rocque e Sítio Novo. Mais de 600 já foram entregues e até o final deste ano este número chegará a 700 viaturas de polícia. Informações dadas pelo deputado estadual Marco Aurélio, que esteve presente no ato de entrega.

Audiência

A Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão designou, para o próximo dia 6 de outubro, a audiência de instrução da ação penal que tem como réu o prefeito de Açailândia, Juscelino Oliveira (PCdoB), por suposta prática de crime de responsabilidade. Segundo a denúncia formulada pelo Ministério Público Estadual, o comunista nomeou, entre agosto de 2015 e janeiro de 2016, sem prévio concurso público ou sequer processo seletivo simplificado, quase 200 servidores na prefeitura.

Alegação

Juscelino Oliveira alega que, quando assumiu a prefeitura de Açailândia, após o afastamento da ex-prefeita Gleide Lima Santos (PMDB), teria identificado o desaparecimento de vários documentos no Executivo municipal. Por esta razão, diz, teve de contratar de forma emergencial os servidores.

Coligações

Sob a presidência em exercício do maranhense André Fufuca (PP), o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o substitutivo à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 282/16, que extingue as coligações para eleições proporcionais e cria uma cláusula de desempenho para os partidos poderem acessar recursos do Fundo Partidário e o tempo de propaganda em rádio e TV.

Destaques

Como os deputados aprovaram o texto-base, ainda precisam votar os destaques, que são sugestões de mudanças ao projeto original, para concluir a análise da PEC. Segundo Fufuca, a votação será na semana que vem.

Segundo turno

Para ser enviada ao Senado, a proposta ainda terá ser aprovada em segundo turno na Câmara e analisada também em dois turnos pelos senadores. O texto-base da PEC foi aprovado por 384 votos a 16. Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição, era necessário o apoio mínimo de 308 dos 513 deputados.