Blefando

Não acredito que o ex-prefeito Madeira esteja blefando, como disse um comunista esta semana em seu blog. Na verdade, Madeira vem buscando um espaço político que lhe permita ser eleito deputado federal por mais um mandato. Ele sabe que, pelo fato de ter ficado oito anos distante dos municípios, em que atuava quando foi parlamentar, este projeto pode ficar complicado e, formando um grupo consistente eleitoralmente, vai ganhar fôlego. Para isso, decidiu falar abertamente sobre o que pensa e como pretende fortalecer seu projeto. É claro que os comunas não gostaram, pois não aprovam quem não concorda com suas decisões.

PPS

E hoje à tarde, na residência do Pastor Porto, coordenador regional do PPS, os membros das comissões provisórias estarão reunidos para discutir as eleições do ano que vem e ainda receberem oficialmente suas atas de posse. Porto, por enquanto, ainda não decidiu se será candidato nas eleições do ano que vem. No momento, ele vem coordenando o relacionamento entre governo e instituições religiosas com obras sociais.

MMA

A atleta açailandense Monique Bastos se prepara para mais um desafio na sua carreira de MMA. Pela primeira vez, Monique vai disputar o cinturão em luta que vai acontecer no dia 23 de setembro, em São Paulo, num dos maiores eventos de MMA do Brasil, o BATALHA.

Paulistana

A luta vai ser contra a paulistana Day Fox, e para enfrentá-la Bastos vai subir de categoria passando de 52 para 57 quilos. Essa disputa está sendo encarada como um duplo desafio para Monique.

Desafios

“É um dos maiores desafios da minha carreira. Pela primeira vez vou disputar um cinturão e numa categoria acima da minha. Estou me preparando e mais uma vez vou dar o meu melhor representando a minha cidade e o meu estado”, concluiu Monique Bastos. Ela tem o apoio e o incentivo do deputado Hildo Rocha.

CNH

Esqueceu ou perdeu a Identidade e a Carteira Nacional de Habilitação está vencida? Não se desespere! O Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (PROCON/MA) orienta que agora é possível o titular utilizar a CNH, como documento de identificação, em todo o território nacional, mesmo que ela já tenha passado da validade, conforme Ofício Circular nº 2/2017/CONTRAN. Entretanto, o documento não comprova a condição de motorista habilitado, perante o órgão de trânsito.

Identificação

A CNH pode ser utilizada como documento de identificação em todo o território nacional, ainda que em momento posterior à data de validade consignada no referido documento. Antes da determinação, o documento só podia ser utilizado como identificador até 30 dias após o prazo de validade. Todos os órgãos da administração pública federal, estadual e municipal agora devem aceitar o documento vencido, assim como bancos, aeroportos, entre outros.

Importante

De acordo com o presidente do PROCON/MA, Duarte Júnior, essa nova determinação se torna mais um importante instrumento que garante cidadania à sociedade. “Possuir um documento que o identifique, garante ao cidadão, inúmeros direitos, além dos deveres, e poder utilizar a CNH por um período maior, permite que ele possa ter acesso aos demais serviços de cidadania”, explicou.