Transferências

Neste imbróglio criado a partir da nomeação dos novos policiais e serem transferidos para outras regiões, não há a menor dúvida de que, apesar de ser traumática pelo afastamento dos maridos e filhos de suas casas, tudo está sendo feito dentro da lei. A própria legislação proíbe a realização de concursos em nível estadual e fixar local de trabalho aos aprovados. Assim sendo, o da PM não poderia privilegiar os aprovados para que permanecessem na cidade de origem. Por isso mesmo, fica claro que estão querendo criar embaraços para a PM e para algumas personalidades, como o deputado Marco Aurélio e até o secretário Márcio Jerry. Não é culpa deles ou que estejam fazendo armação. O problema está em não ler e, se leu, deixou o barco correr naquela famosa frase: “Depois irei levantar uma campanha e acusar o governo pela minha possível transferência”.

Apoio

Até porque li diversas declarações dos policiais elogiando a conduta do deputado para que fossem incluídos, isto para os excluídos, e não teria motivo algum Marco Aurélio levantar-se contra eles pedindo suas transferências. Não está errada a remoção dos policiais para atender a outros municípios que precisam mais de agentes no reforço.

Duas

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) deu o tom dos debates na Assembleia, nessa terça-feira (18), cobrando coerência da base governista, que tenta utilizar pesos e medidas diferentes para o governador Flávio Dino (PCdoB) e os demais políticos citados na Operação Lava Jato.

Velas

“Assim como os governistas acreditam na inocência de Flávio Dino, eu tenho convicção de que o ex-presidente José Sarney está sendo injustiçado”, declarou. Para Adriano, os políticos listados na delação da Lava Jato estão em situação semelhante, serão devidamente investigados e vão, eventualmente, apresentar cada um a sua defesa à Justiça.

Programa

Ontem (19) foi aprovada uma indicação do vereador Chiquim da Diferro na qual solicita ao prefeito de Imperatriz e à Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) a criação do programa “Laboratório na Comunidade”, para a realização dos mais variados exames nas unidades de saúde do município.

O quê?

O poder público, em parceria com os laboratórios credenciados, recolherá o material de exame nos postos de saúde, conforme a demanda de cada unidade, tornando o atendimento, no que se refere aos exames, ágil e trazendo comodidade aos pacientes. Também ajudará as famílias que não dispõem de renda para se locomoverem para outras localidades distantes de seus logradouros.

Habemos Bispo

O atual bispo da diocese de Caxias, Dom Vilson Basso, foi nomeado bispo de Imperatriz pelo Papa Francisco. O anúncio foi feito pelo Vaticano na manhã dessa quarta-feira, 19, e a decisão comunicada à imprensa durante uma entrevista coletiva do administrador diocesano de Imperatriz, padre Francisco Lima.

Corpus Christi

Dom Vilson é o assessor nacional da Pastoral da Juventude. Nasceu no Rio Grande do Sul e tem 57 anos. A posse do novo bispo está marcada para o dia 10 de junho. Dom Vilson vai presidir a solenidade de Corpus Christi, que acontece cinco dias depois, no estádio Frei Epifânio da Badia.

Ambulantes

A população toda cobra a organização da cidade, entre elas praças e ruas, e quando a prefeitura começa a agir, eles protestam porque um ambulante que está irregular ameaça matar fiscais e todos que se aproximarem dele. Afinal, o que quer a sociedade? Mesmo sendo feito sem uma forma direta e definitiva de acomodá-los, a Sepluma garantiu um local para eles trabalharem até a construção de um shopping popular. E aí a turma do quanto pior melhor aproveitou para fazer média e destilar seu veneno contra o prefeito Assis.

Circo

Com patrocínio pela Akzonobel, será apresentado dia 28, em Imperatriz e Açailândia, o espetáculo circense “Que bom que você veio”, dirigido por Herman Gene (Espanha) e encenado pela atriz Rose Battistella. Patrocinada através da Lei de Incentivo à Cultura (Rouanet), do Ministério da Cultura, o projeto será apresentado em seis estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país, circulando por 52 cidades no total. Após as apresentações na região tocantina, o espetáculo segue para Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.