Atualidades

Atualidades

O mestre

A quase totalidade dos países valoriza seus professores, principalmente os asiáticos, que os prestigiam e os colocam no topo das nobres profissões. No Japão, o mestre é reverenciado, inclusive pelo Imperador.

No Brasil, até a década de 1980, sempre foram considerados e nas diplomações e formaturas de final de ano eram homenageados pelos alunos havendo até eleições para a escolha de patronos, paraninfos e personalidades especiais. As escolas públicas estavam repletas de insignes professores, autores de livros e apostilas de grande conceito didático.

Não somente nos estabelecimentos de ensino militar havia o sadio hábito ...

leia mais +

Resposta militar também!

Os valores cívicos, morais e de brasilidade são implantados nos militares desde a infância/adolescência nos bancos escolares dos fardados colégios, nos centros de formação e nas escolas de diferentes níveis ao longo de suas carreiras. Há prolongada e fraternal convivência!

Os princípios disciplinares, hierárquicos e de respeito aos chefes não terminam com suas transferências para a reserva, reforma ou morte.

A unidade e coesão dos militares na recente eleição foi muito superior à da própria Revolução de 1964.

Naquela época, ocorreram divisões, prisões, inclusões em atos institucionais, relevantes discordâncias quanto a duração ...

leia mais +

Crimes hediondos

Os índices de criminalidade têm crescido de modo vertiginoso no País graças ao descontrole da natalidade associado ao desemprego, às abismais desigualdades sociais, ao consumo de drogas, ao tráfico de armas, à desestrutura familiar, às limitações da Escola, à impunidade, à insegurança generalizada e à omissão dos governantes de diferentes níveis.

Os crimes são apenados de acordo com as circunstâncias e gravidade, merecendo tratamento diferenciado na legislação penal.

Os hediondos são brutais, repugnantes, repulsivos e revestidos de inominável crueldade. Não merecem concessões!

A Lei 8072/1990, conhecida como a dos crimes hediondos, lista ...

leia mais +

Cyberbullying

Sistematicamente, vimos denunciando esta prática  perversa, agressiva e covarde que deforma o caráter  dos agressores e de suas vítimas.

Lamentavelmente,  o bullying sempre existiu e nunca  foi reprimido por omissão imperdoável do governo, da escola, da família e, até, da igreja, haja vista o envolvimento de padres na pedofilia que é, também, terrível  forma de opressão.

Normalmente, os praticantes  são ex-vítimas em busca de afirmação e a origem está  na falha de orientação familiar.

Os efeitos chegam a ser irreversíveis e dão margem a consequências trágicas.

As sequelas são semelhantes às do estresse pós-traumático e podem levar ...

leia mais +

Radicalismo perigoso!

Desde o Governo Dilma temos registrado, sistematicamente, que o radicalismo vem aumentando assustadoramente e que atingiria seu clímax no processo eleitoral. E é o que estamos vendo...

As invasões de repartições públicas, as depredações de propriedades privadas, a parcialidade e a inquisição da Comissão da Verdade (?), o desrespeito à anistia ampla, integral e irrestrita, o longo processo e o epílogo do impedimento da Presidente, contribuíram para o atual e deplorável status quo.

A mídia não contribui para minimizar os antagonismos, os presidenciáveis não têm limites para ofensas aos competidores, entrevistadores transpiram o ódio ...

leia mais +

Atentado a Bolsonaro

A vida é o maior bem tutelado pela sociedade democrática.
A segurança é um dos temas mais importantes nos debates eleitorais  para renovar  a direção do País e nunca foi  tratada prioritariamente.
Assistindo a um grupo de jornalistas comentando a ação criminosa contra o candidato  presidencial,  tive a sensação de  que se preocupavam com o seu correto posicionamento político mas não com o perfil do(s) criminoso(s). 
A mediadora perguntou se já havia ocorrido  ação semelhante na nossa história e  uma delas citou  os tiros na caravana petista em março de 2018 no Paraná...
Na ...

leia mais +

Incoerência!

Em nosso recente artigo “Que falta de sensibilidade!” destacamos que, apesar da caótica situação econômica do País, os ministros do Supremo Tribunal Federal concederam a si e aos integrantes do Poder Judiciário um aumento de 16,38% muito superior à inflação acumulada do ano.

Não se preocuparam com o efeito cascata de sua decisão – até certo ponto irresponsável – que atingirá os diferentes níveis e deverá se estender ao Ministério Público e a outros setores da União.

Esqueceram-se dos 13 milhões de desempregados, dos 63 milhões de endividados e de que o Poder Legislativo ...

leia mais +

Segurança total e desarmamento

A segurança sempre esteve dentre as prioridades humanas desde os primórdios da existência.

Com o passar dos anos, as crises sociais aumentaram vertiginosamente, os conflitos ideológicos se exacerbaram e o consumo de drogas se generalizou.

A segurança pública no Brasil foi sendo relegada a segundo plano e se agravou a partir do final da década de 1980.

Os agentes do crime se organizaram, movimentaram grande volume de dinheiro com transações ilegais, penetraram nas camadas sociais, implantaram territórios nas comunidades carentes, adquiriram armamento sofisticado, beneficiaram-se com a corrupção e passaram a desafiar e ...

leia mais +