Atualidades

Atualidades

Desarmamento?

A partir da década de 1980, o consumo de cocaína proliferou e  fixou-se nas  favelas cariocas  fazendo  crescer o comércio clandestino de armas e munições. Os fuzis entraram nas regiões de homizio dos criminosos.

Os agentes do Estado saem do seio de seu grupo social  levando seus valores e costumes  para a instituição a que passam a integrar. Devem  aperfeiçoar  suas virtudes para o bem, mas nem sempre isto acontece.

Também não é de agora o interesse do crime organizado  recrutar  para suas fileiras integrantes e licenciados das Forças Armadas e Auxiliares.

leia mais +

Farra no Poder Judiciário

Há muitos anos e reiteradas vezes temos criticado com veemência que a isonomia salarial prevista em nossa Lei Maior jamais foi observada e cumprida.

É abismal a diferença entre os servidores do Poder Executivo comparada às do Legislativo e Judiciário.

Somente Collor empenhou-se na tentativa de cumprir a determinação constitucional e conquistou a antipatia de parlamentares, juízes, desembargadores e representantes do Ministério Público. Dizem, inclusive, que tal fato contribuiu para acelerar o seu impedimento conduzido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) na Câmara dos Deputados às vésperas das eleições de outubro ...

leia mais +

Escolas do crime

O Brasil acaba de ocupar o “honroso” 3º lugar do mundo em termos de população carcerária. São 726 mil presos, mais do que o dobro em 2005, sem contar os foragidos, os condenados em instâncias inferiores aguardando recursos, os que se encontram em prisão domiciliar, os beneficiados por inacreditáveis licenças temporárias e os delinquentes menores de 18 anos amparados pela obsoleta Lei da Maioridade e pelo caduco Estatuto da Criança e do Adolescente.

O nosso sistema carcerário é caótico e não tem condições de abrigar tantos criminosos.

A Lei de Execução Penal assegura aos ...

leia mais +

Conflitos urbanos

Em 2007, bem antes da implantação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) no Rio de Janeiro, fiz um artigo com o título acima, cujo conteúdo permanece integralmente válido 10 anos após.

Por considerá-lo interessante, inseri-o em meu modesto trabalho sobre INSEGURANÇA PÚBLICA E PRIVADA editado em 2009.

Eis a sua íntegra:

“A revolução industrial trouxe a urbanização e, como

consequência, o êxodo rural. Comunidades sem infraestrutura multiplicam-se nas grandes cidades, com ocupação desordenada de terrenos, normalmente em sítios propícios à fácil degradação ambiental, tornando-se áreas de ...

leia mais +

Honestidade

A corrupção existe desde os primórdios da história!
No Brasil, ela surgiu desde o descobrimento com a exploração de nossas riquezas naturais.
Porém, jamais atingiu os níveis das três últimas décadas envolvendo políticos e governantes de todos os níveis em conluio criminoso e descarado com empreiteiros e dirigentes de estatais, levando de roldão até familiares.
Ao apreciar a situação atual do Rio de Janeiro com três ex-governadores presos e o atual sob suspeita e investigação, além de parlamentares e secretários de governo em posição semelhante, Nelson Motta fez um artigo contundente com ...

leia mais +

Blindagem de veículos

Os criminosos se fortaleceram tanto que nem mais respeitam as Forças Armadas que se encontram no Rio de Janeiro em cooperação com as organizações policiais para combatê-los.

Os tiroteios continuam na Rocinha e em outras comunidades carentes vitimando inocentes.

As Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) são atacadas sistematicamente, sendo uma verdadeira afronta à autoridade.

Os resultados têm sido pífios nos confrontos contra os bandidos.

O tráfico  de drogas acabou de expulsar dois PMs do Posto Comunitário na Ilha  do Governador e de destruí-lo integralmente.

Ninguém mais acredita nas ...

leia mais +

Abuso de poder

Não é a primeira vez que criticamos excessos cometidos por integrantes da Polícia Federal, do Ministério Público e, até, por juízes na condução de processos criminais.

Somos favoráveis às apurações mais rigorosas e criteriosas e que os responsáveis sejam punidos exemplarmente.

Sempre defendemos que nos casos de corrupção a maior pena é a que pesa no bolso, devendo ser restituído aos cofres públicos, com as devidas correções, tudo que surrupiaram do povo e que poderia ser destinado para minimizar o caos na saúde, a precariedade na educação e a insegurança generalizada.

Somos, ...

leia mais +

“A revolução por dentro”

Em 28 de novembro será relançado em Brasília, com o título acima, o livro de autoria do saudoso Coronel Hernani D’Aguiar por iniciativa de sua neta e da presidente do Conselho Curador da Fundação Ivete Vargas.

O militar praticamente abriu mão de sua promoção a general pela lealdade ao presidente Costa e Silva, a quem assistiu até o último dia de vida em 17 de dezembro de 1969 após enfarte fulminante decorrente de uma trombose de 4 meses que o afastou da Presidência da República.

O planejamento do enterro foi o último serviço que ...

leia mais +