Atualidades

Atualidades

Governo paralelo no Rio de Janeiro

Lamentavelmente, o crime organizado implantou um governo paralelo no Rio de Janeiro zombando do poder do Estado e do reforço das forças federais até dezembro de 2018.

Agora, facções rivais comandam operações de dentro dos presídios e mandam invadir comunidades carentes na disputa pela liderança de pontos de drogas, sob a passiva assistência de policiais diante da impressionante inferioridade de meios. São vistos centenas de bandidos portando armamento pesado e ninguém é preso.

O porta-voz da Polícia Militar viu-se na obrigação de declarar que não houve reação porque seus homens, em desvantagem flagrante, seriam ...

leia mais +

Justiça brasileira

Não é de hoje que se nota profundas divergências e, até mesmo, antagonismos entre representantes do Poder Judiciário, nos seus diferentes Tribunais, e do Ministério Público Federal.

O sistema de nomeação de seus titulares muito contribui para desavenças desde a indicação de candidatos que congestionam o ambiente do Palácio do Planalto à procura de decisão presidencial favorável.

Este imbróglio maximizou-se com contornos político-ideológicos durante o processo de impedimento do Presidente COLLOR e atingiu o seu ápice a partir de 2002 com a eleição do Presidente  LULA.

É inquestionável a independência dos Juízes ...

leia mais +

Desperdícios inacreditáveis!

O BRASIL é realmente repleto de contrastes convivendo com miseráveis e multimilionários, o que poderia ser até compreensível se não houvesse tantos desperdícios, inobservância de princípios constitucionais, corrupção, falta de planejamento, de continuidade administrativa e de controle de autoridades de todos os níveis.

A isonomia salarial prevista em nossa Lei Maior jamais foi observada e cumprida. É abismal a diferença entre os servidores do Poder Executivo comparada à do Legislativo e Judiciário, que possuem penduricalhos de toda ordem.

Um depoimento falso atribuído ao deputado federal TIRIRICA serviu, porém, para mostrar que os vencimentos diretos ...

leia mais +

Tráfico de armas

É um ilícito que, normalmente, inicia-se com uma ação legal migrando para ilegalidade durante a comercialização, diferentemente do tráfico de drogas cujas fases são todas ilegais.

Os criminosos necessitam de armamento para a coação psicológica da população, aumento de prestígio na comunidade, afirmação, glamourização, defesa de suas regiões de homizio, contrabando, sequestros, assaltos e tantas outras ações deletérias.

Afrontam o poder do Estado aproveitando as vulnerabilidades, corrompem e contribuem, sobremodo, para o caos na segurança privada e pública desfrutando de volumoso e qualificado arsenal de armas e munições.

A permeabilidade de nossa ...

leia mais +

O RISCO!

A intervenção federal nos Estados poderá ocorrer em casos extremos e está prevista no Art. 34 da Constituição, inclusive para “por termo a grave comprometimento da ordem pública” e “reorganizar as finanças de unidade da Federação”.
O Estado de Defesa, regulado pelo Art. 136, será decretado pelo Presidente da República para preservar ou restabelecer a ordem ou a paz social ameaçadas por grave instabilidade institucional ou atingidas por calamidades de grandes proporções.
O Estado de Sítio, citado no Art. 137, poderá ser invocado na falência do Estado de Defesa, em resposta à agressão armada estrangeira ou ...

leia mais +

Quem substituirá Temer e quando?

É inquestionável que o presidente conquistou uma vitória na Câmara dos Deputados ao ser rechaçada, por votação superior à esperada, a primeira denúncia feita pelo Procurador-Geral da República. Segundo JANOT, virá outra por obstrução da Justiça, mas o tempo corre a favor de TEMER, que continuará sangrando nos chicotes da Oposição até o próximo julgamento e a campanha eleitoral de 2018. Vamos parar o BRASIL outra vez? A que custo?

Além do mais, ele não está livre da apreciação dos fatos na esfera criminal, em instância inferior, após a conclusão de seu pequeno período presidencial. Muitos ...

leia mais +

Menores criminosos

Quantos de nós já sofremos violências de pivetes? E os arrastões nas praias e nas vias congestionadas? Os furtos e roubos? E os crimes brutais? Quantos cumprem penas nas cadeias?
O vídeo de ROBERTO MOTTA sob o título “Licença para Matar” aborda este tema de maneira primorosa na Internet e não pode ser contestado diante de barbaridades cometidas por menores de idade.
O “Estatuto da Criança e do Adolescente” (ECA), por ele denominado “Estatuto da Corrupção do Adolescente”, tem aspectos altamente positivos e foi excelente para as circunstâncias da época quando instituído em julho de 1990. ...

leia mais +

Forças Armadas no Rio de Janeiro

Em 2017, já morreram 92 policiais militares no RJ e o Estado não tem estrutura para, pelo menos, minimizar tão grave problema e tampouco dar a devida assistência às famílias enlutadas.

A situação é tão crítica que nos últimos anos houve uma evasão média anual de 2000 policiais que não são repostos pela falência econômico-financeira.

Entre 2015 e 2016, o número de baixas voluntárias aumentou 69,5%, além dos 1400 afastados por problemas psicológicos somente no ano passado.

As Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) não receberam o apoio necessário para a implantação de ...

leia mais +