Atualidades

Atualidades

As Forças Armadas na vida nacional

Apesar de não terem o devido reconhecimento por parte da mídia e governantes, é inquestionável a participação das Forças Armadas, principalmente do Exército, na História e na vida nacional.

Assim o foi desde os primórdios de nossa Independência, nas Revoltas Liberais de 1848, na Guerra do Paraguai, Abolição da Escravatura, Proclamação da República, 1ª Guerra Mundial, movimentos insurrecionais na década de 1920, na romântica era do Tenentismo, Revolução de 1930 e ditadura de Vargas, na Constitucionalista de 1932, no combate à Intentona Comunista, Estado Novo, participação da Força Expedicionária na 2ª Grande Guerra, queda ...

leia mais +

Lamentavelmente, era o esperado!

O Governo Temer caminha a passos lentos para um fim melancólico.

Sancionar um reajuste salarial de 16,38% aos ministros do STF e ao procurador-geral da República, a partir de janeiro de 2019, estendido a todos os juízes e integrantes do Ministério Público, aos aposentados e pensionistas, é um verdadeiro acinte de quem tem o dever de zelar pela economia do País.

O próprio decano da Suprema Corte chegou a considerá-lo como “inoportuno” e “indevido”.

A promessa de acabar com o auxílio-moradia nada representa porque é apenas um penduricalho no salário de marajás.

...

leia mais +

Pesquisas eleitorais inidôneas?

O PROCON funciona como um órgão auxiliar do Poder Judiciário para a defesa do consumidor, também fiscalizando o mercado para evitar e punir práticas abusivas. Desfruta de grande confiança da população.

Por que não se faz algo semelhante para controlar institutos de pesquisa principalmente no período eleitoral para garantir a transparência e a fidelidade de seus dados a fim de evitar influências, às vezes propositais, no voto do eleitor?

Haverá, realmente, manipulação de resultados para beneficiar candidatos?

Eles afirmam haver confiabilidade de 95% com variação de 2 pontos para mais ...

leia mais +

CPIs e Lava-Jato

Sabemos como as onerosas CPIs começam, mas seu epílogo é imprevisível. Normalmente acabam em pizza graças aos corporativismos partidários e aos rabos presos.

Até mesmo em julgamentos semelhantes, os veredictos são surpreendentes. Collor teve seus direitos políticos cassados por 8 anos e Dilma concorreu às recentes eleições como candidata ao Senado por Minas Gerais sendo favorita segundo as errôneas pesquisas encomendadas por setores da imprensa.

Na Lava-Jato não ocorrem essas aberrações e têm sido denunciados centenas de governantes, políticos e empresários de renome. Iniciada em março de 2014, transformou-se na maior operação ...

leia mais +

TÁTICA ERRÔNEA!

Para denegrir o Movimento de 1964 que cometeu muitos equívocos, os esquerdistas e subversivos regiamente remunerados nos governos de FHC, Lula e Dilma, usam várias vezes mentiras que lhes custam muito caro em termos de credibilidade e receptividade na opinião pública.

Haddad pagou por isto ao afirmar em sabatina promovida pelos jornais Valor  Econômico, Extra, Globo e revista Época,   que o General Mourão, Vice – Presidente da República, era torturador na ditadura militar. Na ocasião, ele tinha 16 anos e estudava no Colégio Militar de Porto Alegre. Quanta precocidade...

O presidenciável não teve o mínimo cuidado ...

leia mais +

Conciliação?

Todos os presidentes da República entram para a História, principalmente os reeleitos e os que tiveram mandato prolongado sob regime ditatorial.

É natural que difundam suas realizações mas deveriam reconhecer, também, suas culpas e dar continuidade às obras de seus antecessores.

À semelhança dos ídolos do futebol, poderiam admitir a chegada da hora de pendurar as chuteiras para não comprometerem as suas biografias e a liderança política que exerceram.

Os esquerdistas no mundo adquiriram o hábito de rotular como fascistas todos aqueles que não comungam com suas ideias. Esta generalização caiu no ...

leia mais +

Por que Bolsonaro venceu?

Quem poderia imaginar há um ano que um Capitão seria o futuro Presidente do Brasil?

Chegou a ser cuspido no rosto por um colega durante uma sessão plenária na Câmara dos Deputados.
Acusado de racista, homofóbico, estuprador, adepto de torturas e de inteligência limitada, teve contra si a grande maioria da mídia e a propaganda contrária de artistas de expressiva receptividade popular.
Nenhum partido quis bancar a sua candidatura e acabou filiando-se a um sem qualquer expressão no cenário político nacional, até então.
Quem bancaria um candidato nestas condições?
Sem recursos financeiros ...

leia mais +

Guarda Nacional

Sob inspiração francesa, a Guarda Nacional (GN) foi criada no Brasil em 1831 durante o Primeiro Reinado, em face dos movimentos nativistas contra o Império.

O Padre Feijó, então Ministro da Justiça, defensor da ideia do “cidadão armado”, admitiu a possibilidade do recrutamento de brasileiros entre 21 e 60 anos para comporem os quadros da novel instituição.

No mesmo ato, foram extintas as milícias, guardas municipais e ordenanças que atuavam prioritariamente na defesa dos interesses do coronelismo regional.

A GN era uma unidade paramilitar com efetivo médio de 60 mil homens com ...

leia mais +