Intervenção

O ex-prefeito Sebastião Madeira solicitou ao comando nacional do PSDB intervenção no diretório do Maranhão, comandado pelo vice-governador Carlos Brandão. O partido tem o senador Roberto Rocha como pré-candidato a governador e Brandão quer reeditar a aliança com o PCdoB de Flávio Dino, que em 2018 vai apoiar Lula ou outro candidato da esquerda à Presidência da República. Madeira afirma que “Não há dúvidas de que a situação política em que o PSDB do Maranhão se encontra está fadada ao fracasso, não se sustente sequer a uma crítica ideológica, pois não há ideologia em continuar alimentando a candidatura do PCdoB, que vive do apoio de Lula, do PT”. O pedido de intervenção foi feito no último dia 24. Ontem, o comando nacional acatou o pedido e interveio no diretório maranhense. O ex-prefeito poderá ser o novo presidente estadual da legenda tucana. Em Imperatriz, ontem, ao ser abordado sobre o assunto, o governador Flávio Dino disse apenas que é uma questão interna do PSDB.

Prestigiado

O auditório do Palácio do Comércio ficou lotado na solenidade de posse de Frederico Ângelo como presidente da Agência Executiva Metropolitana do Sudoeste do Maranhão. Muitas lideranças políticas e amigos de Frederico. Até pessoas que não são vistas em atos políticos foram prestigiá-lo. Entre os políticos estavam os deputados federais André Fufuca, Waldir Maranhão, Deoclides Macedo e Weverton Rocha; os deputados estaduais Raimundo Cutrim, Sérgio Vieira, Rogério Cafeteira e Marco Aurélio; secretários de Estado, como Clayton Noleto, Terezinha Fernandes e Pastor Porto; vários prefeitos e vereadores.

Pedido

No seu pronunciamento, o ex-prefeito Ildon Marques falou do encontro que teve com o governador Flávio Dino, quando houve o fechamento de um acordo político. Destacou que apenas pediu ao governador que “fizesse alguma coisa que nos dignificasse, e foi feito”. Ildon se referia à criação da Agência Metropolitana, sediada em Imperatriz e abrangendo 22 municípios. Flávio Dino afirmou que não tinha contatos com Ildon, mas o admirava, e que ele aceitou o convite porque acredita no seu governo.

E...

Aproveitando a presença do presidente estadual do PP, André Fufuca, o governador Flávio Dino fez questão de dizer que “matou dois coelhos com um tiro”, ao contemplar Frederico Ângelo com o cargo e, consequentemente, prestigiar o partido. Frederico é o presidente do diretório em Imperatriz.

Ausente

O prefeito Assis Ramos não compareceu à solenidade de posse de Frederico Ângelo. Ele foi representado pelo vice-prefeito Alex Nunes. Tiveram direito a falar apenas Frederico, Ildon Marques, André Fufuca, como vice-presidente da Câmara Federal, Marco Aurélio, representando a Assembleia Legislativa, e o próprio Flávio Dino.

Assim é

Divergências sepultadas, ontem simpatizantes de Ildon Marques e de Flávio Dino se abraçavam, sorriam e aplaudiam os “novos ídolos”, durante a solenidade de posse de Frederico Ângelo. É a dinâmica política provando mais uma vez que nada é impossível, “até boa voa”. E Magalhães Pinto já dizia: “Política é como nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Olha de novo e ela já mudou”.

Adiada

A proposta de emenda à Constituição que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos só deverá ser votada em 2018. Em entrevista à Rádio Senado, o Presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado, senador Edison Lobão, afirmou que o requerimento de vários senadores para que a votação da proposta fosse adiada por 30 dias e um futuro pedido de licença do mandato do relator, senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), inviabilizam uma decisão da CCJ ainda neste ano.