Fracasso 

A senadora Kátia Abreu (PDT) foi a decepção na eleição suplementar de governador do Tocantins.  Ela ficou em quarto lugar, com apenas 15,66% dos votos, sendo superada por Mauro Carlesse (PHS), Vicentinho Alves (PR) e Carlos Amastha (PSB). A senadora fez a campanha “grudada” no nome do ex-presidente Lula (PT), que está preso em Curitiba. Kátia divulgou uma carta de Lula dirigida ao povo tocantinense, pedindo voto a seu favor. “O Brasil está tão carente de pessoas de caráter e lealdade política que, quando ouvia os discursos da Kátia, ficava orgulhoso de ver uma mulher com quem não tinha nenhuma afinidade política e ideológica, causando inveja a muitos de esquerda que tinham vergonha de defender a Dilma. O meu respeito pela Kátia cresceu a cada dia”, afirmou Lula. O apelo foi ignorado pelas urnas e a resposta do eleitor tocantinense pode servir de alerta para aqueles que querem disputar as eleições de outubro usando o nome do ex-presidente como se fosse “milagreiro” .

Surpresa

Embora ficando em quinto lugar, o ex-juiz Márlon Reis (REDE) foi uma surpresa na eleição. Neófito na política, ele obteve  56.952 votos (9,91%), sendo que na capital, Palmas, ficou em terceiro lugar, com 19.535 votos (19,08%), superando Kátia Abreu e Vicentinho.  Logo após o resultado, Márlon Reis anunciou que disputará novamente o governo nas eleições gerais de outubro. Ele é natural de Paulo Afonso-TO. Magistrado no Maranhão, atuou por algum tempo em João Lisboa. Renunciou ao cargo de juiz no dia 26 de abril de 2016 para seguir a carreira política. 

E...

A eleição suplementar do Tocantins não empolgou o eleitorado. As abstenções, votos brancos e nulos representaram 43,54% (443.414). Abstenção: 306.877 (30,14%); Brancos 14.660 (2,06%);   nulos 121.877 (17,13%). O eleitor terá que voltar às urnas no próximo dia 24 e há temor de que os números possam até aumentar. Haverá também eleição em 7 de outubro e na possibilidade de segundo turno o tocantinense estará indo às urnas quatro vezes em apenas 5 meses. 

Liderança

O primeiro colocado no primeiro turno, Mauro Carlesse teve um péssimo desempenho em Sítio Novo do Tocantins, no Bico do Papagaio. No município, o senador Vicentinho ganhou disparado, com 2.380 votos. Carlesse ficou em quarto lugar, obtendo apenas 171 votos. Kátia Abreu ficou em segundo e Amastha em terceiro. A votação de Vicentinho tem como principal motivo o apoio do ex-prefeito Jair Farias, que comprova mais uma vez a forte liderança que exerce em Sítio Novo. Ele é pré-candidato a deputado estadual.     

Indefinição

O deputado estadual  Eduardo Braide (PMN) ainda está com um pé atrás sobre sua candidatura a governador. Em vídeo, ele afirmou que “... de mim vocês sempre ouvirão a transparência e a verdade. Os meus caminhos políticos são traçados ouvindo as pessoas, ouvindo a minha família e as orientações do meu partido. E nesse caso não vai ser diferente”. No próximo mês acontecerão as convenções partidárias, em que serão oficializadas as candidaturas. É aguardar.

Antecipada 

O pré-candidato a presidente Jair Bolsonaro antecipou sua visita a São Luís. Marcado para o dia 16 de junho, o ato ocorrerá no dia 14, uma quinta-feira. Imprevistos na agenda do presidenciável teriam sido a causa da mudança de data. A chegada de Bolsonaro está prevista para as 12h. Às 15h ele participa de evento no Multicenter Sebrae.