Fervendo

Ontem jogaram lenha na fogueira política, que está acesa desde o rompimento do deputado José Reinaldo Tavares (sem partido) com o governador Flávio Dino (PCdoB). Foi divulgada uma foto em que aparecem Zé Reinaldo e o deputado Eduardo Braide (ainda PMN). Os dois conversaram sobre a formação de uma chapa majoritária, tendo Braide como candidato a governador e Zé Reinaldo a senador. Considerado o “engenheiro” das alianças que levaram à vitória Jackson Lago e depois Flávio Dino, o deputado vai tentar repetir este ano o “esquema tático” que o tornou um “técnico” vitorioso em embates políticos. Flavistas tentam minimizar a saída de Zé Reinaldo, mas a sua atitude é vista como um “estrago” nas pretensões de Flávio Dino se manter por mais quatro anos no Palácio dos Leões. A articulação do deputado poderá envolver outras fortes lideranças do Estado, endurecendo o jogo que até ontem tinha favorito.

Convite

Está surgindo mais um pretenso candidato a deputado federal com domicílio eleitoral de Imperatriz. O presidente estadual do PSL, vereador Francisco Carvalho, de São Luís, convidou o advogado Antonio Torres para se filiar ao partido e disputar uma cadeira da Câmara dos Deputados. Torres está analisando e nos próximos dias dará uma resposta. Ele demonstra entusiasmo, e pelo jeito vai dizer “sim” ao líder do PSL. Vale lembrar que a sigla também já convidou o ex-vereador Esmerahdson de Pinho, que igualmente seria candidato a deputado federal.

Olha aí!

Algumas pessoas insistem em especular que o prefeito Assis Ramos vai lançar a esposa Janaína como candidata a deputada estadual, descartando o vice-prefeito Alex Nunes Rocha. Ontem, um político com mandato e ligado ao Palácio Renato Moreira garantiu que Assis não lançará a esposa e que o candidato a estadual que vai apoiar será mesmo o vice-prefeito. Está aí a palavra de uma fonte ligada ao prefeito. Resta aguardar.

Confusão

Qual será o resultado do quiproquó envolvendo o deputado estadual Raimundo Cutrim e o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela? O governador Flávio Dino demite o auxiliar ou ou deputado rompe com o governo? Até agora não se viu nenhuma manifestação do chefe do Executivo sobre a briga do secretário com o deputado.
- Para que o incêndio não cause grandes estragos, vai ser preciso muito bombeiro...

Pegando

Está ficando feia a situação do deputado estadual Cabo Campos (PSC), denunciado na Polícia pela própria esposa por agressões. Uma representação assinada pelo Fórum Maranhense das Mulheres, entidade que reúne representantes de diversos segmentos sociais, foi protocolada na Assembleia Legislativa  pedindo julgamento rápido do parlamentar. A Procuradoria da Assembleia é comandada pela deputada Valéria Macêdo (PDT), que já havia emitido nota afirmando o compromisso de apurar o caso contra o Cabo Campos e propondo, inclusive, que o deputado fosse julgado por quebra de decoro parlamentar.

Própria

Alguns líderes petistas não querem o partido como coadjuvante nas eleições do Maranhão. Um exemplo é Raimundo Teixeira, da comissão executiva do Diretório Estadual do PT, que em artigo nas redes sociais defende o lançamento de candidatura própria ao governo, indicando o nome do ex-superintende do Incra no Maranhão, Raimundo Monteiro. O PT desejava integrar a chapa majoritária liderada pelo PCdoB.