Olha aí!

Na manhã de ontem, o assunto predominante nas rodadas na Câmara Municipal de Imperatriz foi a revelação de que poderá haver disputa pela presidência da Casa. Pelo menos cinco vereadores confirmaram à coluna a informação. A maioria até admitindo que vai ser jogo duro. Até então o atual presidente, José Carlos Soares Barros (PV), era tido como candidato único. Mas o prefeito Assis Ramos (PMDB) teria decidido se envolver na eleição, o que não aconteceu na realizada no início do ano. José Carlos antecipou a eleição para o próximo dia 12, terça-feira. Consta que o nome do candidato do Palácio Renato Moreira ainda não foi definido, estando entre Fábio Hernandes (PSC), Hamilton Miranda (PP), João Silva (PRB) e Adhemar Jr. (PSC). Depois que foi encerrada a sessão, ontem, quatro vereadores (Ditola, Bebé, Rildo e Alberto Souza) permaneceram em plenário conversando. Logo em seguida, chegou Zé Carlos. O clima eleitoral chegou antes do tempo, até porque sem concorrente não estava tendo maior importância. Até terça é só o que vai rolar. Articulações pesadas...

Guerra das pesquisas

Recentemente foi divulgada pesquisa atribuída ao Instituto Exata, mostrando o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), com 63% da preferência dos eleitores, enquanto Roseana Sarney (PMDB) apareceu com 29%. Ontem, foi divulgada outra pesquisa, agora atribuída ao Instituto Vox Populi, mostrando um empate técnico entre o governador Flávio Dino, com 37%, e Roseana com 35%. Cada grupo, claro, se esforça para desqualificar a pesquisa que não satisfaz o seu interesse. Só acredita na que beneficia seu candidato. E assim vai ser no próximo ano, época das eleições, deixando o eleitor confuso.

“Light”

O episódio da visita surpresa do prefeito Assis Ramos à sessão em que era discutido o veto a um projeto de lei já está superado. Mas como havia prometido na semana passada, na sessão de ontem o vereador Adhemar Jr. subiu à tribuna para fazer um discurso escrito. Como é do seu feitio, não foi agressivo. Entendeu que a presença do prefeito foi uma “mensagem de imposição” e que “a liberdade do parlamento jamais pode ser violada”.

Pré-candidatura

O vereador Alberto Souza fez um discurso destacando as articulações que o deputado federal Weverton Rocha (PDT) vem realizando para consolidar a sua pré-candidatura ao Senado. Ele observou que Rocha já tem o apoio de 11 dos 18 deputados federais, de 27 dos 42 deputados estaduais e cerca de 130 dos 217 prefeitos. Alberto Souza também destacou a definição do governador Flávio Dino pelo nome de Weverton, durante encontro do PDT ocorrido no último final de semana. O vereador está confiante que o seu correligionário ganhará uma das duas cadeiras do Senado que estarão em disputa no próximo ano.

Gratificação

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Assembleia Legislativa do Maranhão reuniu-se ordinariamente ontem, sob a presidência do deputado Marco Aurélio (PCdoB), e aprovou, dentre outras proposições, a Medida Provisória 258/17, que institui a gratificação por condição especial de trabalho aos gestores escolares que integram a rede pública estadual de ensino. São beneficiados os gestores que possuem matrícula de 20 horas semanais.

Otimista

“Serei candidata a senadora na coligação do governador Flávio Dino”. A afirmação é da deputada federal Eliziane Gama (PPS), que disputa com os também deputados Zé Reinaldo (PSB) e Waldir Maranhão (Avante) a segunda vaga para o Senado no arco de aliança liderado pelo PCdoB. A primeira já é do deputado Weverton Rocha.