Repercussão

Está rendendo a propalada decisão do comando estadual do PSB em expulsar o senador Roberto Rocha. O assunto já chegou inclusive ao plenário da Assembleia Legislativa. A deputada Graça Paz (PSL) disse que “nada lhe impede de ser candidato a governador do Maranhão no próximo ano” e lamentou a atitude do PSB maranhense. Revela que ela e o marido, o ex-deputado Clodomir Paz, têm sugerido que Roberto deixe o PSB, observando que ele está tendo convites de outros partidos, do PSDB, por exemplo. “Eu fico pensando: por que será que expulsaram o senador Roberto Rocha do PSB? Será que ele é um perigo para a política do Maranhão? Será que ele é um perigo para a candidatura do atual governador em 2018? Será que pensam isso? Eu acho que não tem nenhuma razão de ser”, afirmou Graça Paz. O deputado Wellington do Curso também se manifestou em defesa do senador. Roberto Rocha diz que compreende a mágoa do deputado Bira do Pindaré. “É porque ele queria ser o candidato a prefeito de São Luís em 2016, pelo PSB. Ocorre que acertou isso apenas com o Flávio Dino, e nunca falou conosco. Veja que loucura! Além de senador, meu filho era o único vereador da cidade e eu era o presidente municipal do partido. Bira era, de fato, o candidato do governador, que com uma mão abraçava ele e com a outra apunhalava Edivaldo Holanda Junior”. Vem mais capítulos por aí, principalmente se na convenção nacional der o candidato de Rocha, o vice-governador de São Paulo Márcio França.

Tiroteio

O clima esteve quente na sessão de ontem da Câmara Municipal de Imperatriz. O vereador Carlos Hermes (PCdoB) denunciou que a coleta de lixo está sendo feita em bairros com caçambas. O vereador Bebé Taxista (PEN) acusou o colega de ser defensor da Brasmar, empresa que fazia o serviço de limpeza no governo Madeira. Carlos Hermes indignou-se, chamando Bebé de leviano.

E...

O vereador Alberto Souza, que é do PDT, partido aliado do PCdoB, manifestou-se em defesa do prefeito Assis Ramos e pediu a Carlos Hermes que deixasse de “intriga”. E emendou: “Vamos unir forças. Anote, Assis Ramos poderá estar com o governador Flávio Dino em 2018”. A afirmação do pedetista surpreendeu, porque Assis é do PMDB, partido da pré-candidata Roseana Sarney.

Recursos

A convite de um grupo de alunos, recentemente o senador Roberto Rocha (PSB) viu de perto a precariedade do Campus II da Universidade Federal do Maranhão – UFMA. Parte das instalações da instituição em Imperatriz havia sido interditada porque havia a ameaça de desabamento. Em função dos problemas, alunos de alguns cursos estavam correndo o risco de ser deslocados para o Campus do Bom Jesus. Roberto Rocha prometeu lutar junto ao MEC por recursos para a restauração. Ontem, o senador anunciou que já estão à disposição da universidade R$ 2 milhões.

Silêncio

Na sessão de ontem, os deputados estaduais fizeram um minuto de silêncio em memória dos mortos no acidente na BR-222, no domingo, em que dez pessoas morreram. O pedido foi feito pelo deputado Sousa Neto. “Nós maranhenses estamos muito tristes com essa tragédia”, afirmou.

Visita

O governador Flávio Dino estará na região hoje e amanhã. Às 18h30 ele participa da abertura da Fecoimp. Amanhã vai a São Pedro d’Água Branca, Vila Nova dos Martírios e Cidelândia. Haverá inauguração de escola, entrega de uniformes e início de obras do programa Mais Asfalto.