Bastidores

Bastidores

Bastidores

Auditoria

O Tribunal de Contas da União (TCU) realizou fiscalização sobre os processos de aquisição de medicamentos que ocorreram de forma centralizada pelo Ministério da Saúde e as realizadas pelas secretarias de Saúde selecionadas, mediante transferência de recursos federais. A auditoria avaliou o atendimento aos pressupostos legais das licitações e contratações selecionadas e apontou a necessidade de adoção de medidas para aprimorar os controles internos e promover mais transparência dos gastos públicos. Foram constatados indícios de direcionamento e montagem de licitações, contratações diretas não justificadas e adoção de modalidade de licitação inadequada. O Tribunal também identificou ...

leia mais +

Bastidores

Encontro

A Câmara Municipal de Imperatriz realizou, ontem, o 1º Encontro de Presidentes de Câmaras e Vereadores do Sul do Maranhão. Organizado pelo vereador Sargento Adelino com apoio da Associação Brasileira de Câmaras Municipais (Abracam), o evento teve a participação de dois senadores – o maranhense Weverton Rocha  (PDT) e a tocantinense Kátia Abreu (PDT). Também presentes o presidente da Abracam, Rogério Rodrigues da Silva, e o advogado Hamilton Júnior, vereador de São José de Ubá (RJ), que falou sobre  “os novos desafios dos vereadores”. Também foram abordados outros temas, como a reforma eleitoral, modelo de ...

leia mais +

Bastidores

Decreto

Boa parte da sessão de ontem da Câmara Municipal de Imperatriz foi para debater o polêmico caso dos precários do FUNDEF, em que os professores reivindicam o direito de receber 60% do recurso. A prefeitura recebeu mais de 90 milhões de reais. As galerias estavam lotadas de professores. A Oposição busca de todas formas fazer com que o prefeito Assis Ramos repasse o dinheiro aos professores, e uma das medidas é tentar derrubar o decreto do Executivo que destina 100% do recurso para ações de manutenção e desenvolvimento do ensino para a Educação Básica. Os ...

leia mais +

Bastidores

Polêmica

Na sessão de ontem, o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Barros, usou a tribuna para defender o repasse de 60% dos recursos oriundos do precatório do FUNDEF para os professores. Alega que eles têm direito. A questão é que se o prefeito fizer o repasse aos professores ele estará sujeito a sofrer ação na Justiça, porque o Tribunal de Contas da União (TCU) já bateu o martelo, determinando que o dinheiro só pode ser aplicado em ações de manutenção e desenvolvimento do ensino para a Educação Básica. A não ser que haja uma reviravolta, ...

leia mais +

Bastidores

Negando 

No final da semana passada foi especulado que o deputado estadual Marco Aurélio (PCdoB) havia fechado acordo com o também deputado Rildo Amaral (SD) para as eleições municipais de 2020. O suposto acordo consistia em Rildo abrir mão de ser candidato a prefeito e indicar o irmão, Flamarion Amaral, para ser vice na chapa encabeçada pelo pré-candidato comunista. Entretanto,  Marco Aurélio se apressou em divulgar nota não confirmando a informação. “Tenho fé que caminharemos com o Rildo. O que não houve foi qualquer discussão nesse sentido. Estamos no partido em definições sobre a pré-candidatura a ...

leia mais +

Bastidores

Polêmica
    
Os prefeitos estão sendo acusados de não querer repassar aos professores os 60% do dinheiro proveniente dos precatórios do FUNDEF. No caso de Imperatriz, a verba é mais de R$ 90 milhões.  Mas, na verdade, não é má vontade dos administradores. Eles estão apenas sendo obrigados a seguir uma decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) que, ao julgar solicitação do Congresso Nacional (SCN), rejeitou a utilização dos precatórios no pagamento de professores. Em seu voto, o ministro Augusto Nardes, relator do processo, concluiu que a solicitação é contrária à jurisprudência do ...

leia mais +

Bastidores

Sem pressa 

Prudente, o ex-prefeito Ildon Marques de Souza ainda não informou se será mesmo candidato a prefeito nas eleições de 2020. Mas a movimentação do experiente político vem revelando essa possibilidade. O lançamento do livro “Ildon Marques de todas as lutas”, por exemplo, foi sintomático. Presenças de muitas lideranças políticas, entre as quais o governador Flávio Dino. Vale lembrar que em outras eleições, Ildon só deixou para anunciar a sua candidatura em cima da hora. Portanto, não será surpresa se próximo às convenções, em julho, ele se manifestar. Mas se não for candidato, poderá indicar ...

leia mais +

Bastidores

Transição

Ao ser perguntado em entrevista à Agência Pública se foi combinada uma trégua entre ele e o ex-presidente José Sarney, o governador Flávio Dino (PCdoB) afirmou que “a política do Maranhão passa por uma espécie de transição geracional na política”, ressaltando que “não há nenhum propósito nem meu nem do ex-presidente Sarney de fazermos um pacto regional. O que me motivou, e com certeza motivou a ele, e isso ficou claro na conversa, foi essa leitura do quadro nacional. E ao mesmo tempo, da minha parte, um reconhecimento de que as disputas políticas no Maranhão ...

leia mais +

Coriolano Filho

Coriolano Miranda Rocha Filho (foto), passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal, como paginação, revisão e reportagem na área policial. Coló Filho, como é mais conhecido, saiu para trabalhar em O Estado do Maranhão, mas em 1987 voltou para O PROGRESSO, como correspondente em Açailândia, por quase um ano. Em julho de 1988, assumiu o lugar de Adalberto Franklin, então Editor Chefe. Em dezembro de 1992, Coló Filho deixa o jornal para ser assessor de Comunicação do prefeito Renato Cortez Moreira. Ocupou o cargo por nove meses, tempo em que Renato passou na prefeitura, e cujo mandato foi interrompido por um assassino que o matou com dois tiros no dia 6 de outubro de 1993, no Mercado Bom Jesus. Em 1999, Coló Filho, que já estava de volta ao jornal como repórter, assumiu pela segunda vez a chefia da Redação, estando até hoje na função. editoria@oprogressonet.com