Bastidores

Bastidores

Bastidores

Vice 

Com o cabeça de chapa definido, agora a expectativa no grupo liderado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) é saber quem será o vice do deputado Marco Aurélio. Como a vaga é para negociações de apoio de outras siglas, o nome só deverá ser escolhido com a aproximação do período de convenções, no mês de julho. O arco de aliança  tem vários partidos, mas cerca de quatro apresentam, no momento, pré-candidatos  a prefeito, como o PP do ex-prefeito Ildon Marques, o Patriota do vereador José Carlos Barros, o DEM do prefeito Assis Ramos e o PTC ...

leia mais +

Bastidores

Jogando

Em um vídeo que gerou aplausos de uns e escárnio de outros, o presidente da Câmara Municipal de Imperatriz, José Carlos Barros, sugeriu ao prefeito e ao vice que tirassem uma licença de dez dias, tempo suficiente para ele mandar repassar os 60% do Fundef que estão sendo reivindicados pelos professores. “Eu pagaria sem nenhum medo de judicialização”, afirmou o vereador. Na terça-feira, a Câmara derrubou o veto do prefeito a uma lei do próprio Legislativo que determina o repasse do recurso, oriundo de precatório. Só que a prefeitura está sendo impedida  de fazer isso, ...

leia mais +

Bastidores

Imbróglio

Durante sessão extraordinária na manhã de ontem,  por 14 votos a 7 a Câmara Municipal de Imperatriz  derrubou o veto do prefeito Asis Ramos à lei criada pelo Legislativo para  que os professores tenham direito de receber 60% dos recursos do Fundef repassados à Prefeitura, oriundos de precatórios. Ocorre que existe uma decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) que proíbe os gestores municipais pagar professores com tais recursos. O dinheiro é exclusivamente para manutenção e ao desenvolvimento da educação básica. Se o gestor fizer o repasse aos professores, poderá sofrer punição, a não ...

leia mais +

Bastidores

No ataque 

O ex-deputado federal Chiquinho Escórcio (MDB) tem partido com “gosto de gás” pra cima de políticos de Imperatriz. No momento, o alvo é o ex-prefeito Sebastião Madeira (PSDB), que se mantém em silêncio diante das provocações. Escórcio tem demonstrado que não deseja mais se candidatar a nada, mas não desativa a “metralhadora”. Tem puxado coisas do fundo do baú para provar suas declarações. O homem é duro, não foi à toa que conseguiu a cassação do então governador Jackson Lago em 2009.   

Pretensos 

Pelo menos doze deputados estaduais são ...

leia mais +

Bastidores

Sem nome?

Será se o PSDB não tem nenhum nome nos seus quadros para disputar a Presidência da República de igual para igual com Jair Bolsonaro e um candidato da esquerda? Percebe-se que não, porque o ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, a maior estrela do parido, demonstra entusiasmo pela pré-candidatura do apresentador da TV Globo, Luciano Huck.  Inclusive tem acompanhado encontros do global com lideranças políticas. Recentemente Huck se reuniu com o governador Flávio Dino (PCdoB), gerando especulações de que o maranhense poderia compor a chapa. Na última eleição presidencial, em 2018, o PSDB teve ...

leia mais +

Bastidores

Huck e especulações

Uma das novidades políticas no início do ano está sendo o encontro do governador  Flávio Dino como apresentador de TV, Luciano Huck, também pretenso candidato a presidente da República. Especulou-se sobre uma possível chapa, tendo o governador maranhense como vice. Mas seus aliados já estão tratando de amenizar. O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB), por exemplo, disse que “é claro que a essa altura da conjuntura, com eleições 2020 pelo meio, montagens de chapas majoritárias para Presidência são apenas o que podem ser: exercícios especulatórios. Mas são especulações que apontam para os atores ...

leia mais +

Bastidores

Pesquisas

A partir de hoje, primeiro dia de 2020, para realizar e divulgar é preciso cumprir as exigências do Tribunal Superior  Eleitoral. Quem ousar divulgar pesquisa sem registrar junto à Justiça Eleitoral ou descumprir qualquer outra norma prevista sofrerá punições severas.  A divulgação de pesquisa fraudulenta, por exemplo, constitui crime punível com detenção de seis meses a um ano e multa no valor de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00.  No decorrer de 2019 foram divulgadas pesquisas “a torto e a direito”, algumas com cara de fajutas. A partir deste 1º de janeiro, toda pesquisa deverá ser ...

leia mais +

Bastidores

Será?

Até o início de abril, quando se encerra o prazo para filiações partidárias para quem deseja ser candidato nas eleições 2020, muitas novidades poderão acontecer. Comenta-se que um dos quatro principais pré-candidatos do momento poderia trocar de partido, embora tenha há pouco tempo mudado de sigla. O atual partido, do arco de aliança liderado pelo PCdoB do governador Flávio Dino, poderia não lhe garantir legenda. E como o seguro morreu de velho, é melhor procurar outro rumo. São especulações, mas em política tudo pode acontecer. Vamos esperar o andar do jumento para ver as abóboras ...

leia mais +

Coriolano Filho

Coriolano Miranda Rocha Filho (foto), passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal, como paginação, revisão e reportagem na área policial. Coló Filho, como é mais conhecido, saiu para trabalhar em O Estado do Maranhão, mas em 1987 voltou para O PROGRESSO, como correspondente em Açailândia, por quase um ano. Em julho de 1988, assumiu o lugar de Adalberto Franklin, então Editor Chefe. Em dezembro de 1992, Coló Filho deixa o jornal para ser assessor de Comunicação do prefeito Renato Cortez Moreira. Ocupou o cargo por nove meses, tempo em que Renato passou na prefeitura, e cujo mandato foi interrompido por um assassino que o matou com dois tiros no dia 6 de outubro de 1993, no Mercado Bom Jesus. Em 1999, Coló Filho, que já estava de volta ao jornal como repórter, assumiu pela segunda vez a chefia da Redação, estando até hoje na função. editoria@oprogressonet.com