Bastidores

Bastidores

Bastidores

Jogo errado

Como estava previsto, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), não compareceu ao encontro que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) manteve na manhã de ontem com os governadores. Do Nordeste, compareceu o do Piauí, Wellington Dias (PT), que representou os demais estados da região. A situação financeira dos estados não é boa, e todos dependem do governo federal. Não tem como viver sem ele. E o governador Flávio Dino não pode isolar o Maranhão do Palácio do Planalto por questões político-partidárias. Precisa entender que as eleições já acabaram e aceitar a derrota do ...

leia mais +

Bastidores

Assim é

Terminaram as eleições e o governador Flávio Dino (PCdoB) mantém suas investidas contra o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Mas por que essa insistência? Não quer aceitar a derrota do seu candidato, o petista Fernando Haddad? Sim, poderia. Mas o que o governador do Maranhão quer mesmo é contrapor às ações do presidente para entrar no debate nacional e na pauta da imprensa. Exemplo é o decreto instituindo Escolas com Liberdade e sem Censura no estado para se opor ao projeto que será votado pelos deputados federais, defendido por Jair Bolsonaro. Assim, vai fazendo ...

leia mais +

Bastidores

Barbárie

Mais um assassinato de prefeito registrado no Maranhão. Agora a vítima foi Ivanildo Paiva (PRB), de Davinópolis. A polícia está empenhada na elucidação do crime e precisa dar uma resposta à sociedade, não apenas daquele município, mas de todo o estado. Os culpados não podem ficar impunes. Seja lá qual tenha sido o motivo, nada justifica a barbaridade cometida contra Ivanildo, cuja família já havia sofrido um duro golpe com a execução de Ivanildo Junior, morto por dois policiais militares em 2008. A polícia investiga pelo menos duas “vertentes” para a elucidação do crime. A ...

leia mais +

Bastidores

Apreensão 

Há um clima de apreensão entre os aposentados e pensionistas estaduais, depois das notícias sobre a possibilidade do governo enfrentar dificuldades para pagar, a partir do próximo ano. O governador Flávio Dino teria assumido com o FEPA tendo mais de R$ 1,1 bilhão e hoje a Previdência estadual contaria apenas apenas com R$ 200 milhões em caixa. A previsão de gastos com pensões e aposentadorias para 2019 seria de R$ 2,4 bilhões. Mas Flávio Dino tenta tranquilizar, garantindo que não há risco iminente de interrupções de pagamento. Observa que o déficit do sistema previdenciário é ...

leia mais +

Bastidores

Fiscalização

Com a visita ao município de Cachoeira Grande, na região do Munim, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) começou, nesta semana, a fiscalizar a aplicação das verbas recebidas pelos municípios maranhenses por meio dos precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF). Além de Presidente Juscelino, a lista de municípios que integram o plano semestral do TCE inclui Poção de Pedras, Vargem Grande, Vitorino Freire, Senador La Rocque, Codó, Bacabal, Centro do Guilherme, Cidelândia, Santa Helena, Axixá e Centro Novo do Maranhão. A escolha dos municípios ...

leia mais +

Bastidores

Contra 

Na sessão de ontem, o vereador Adhemar Freitas Jr, que também é advogado, usou a tribuna para fazer alguns questionamentos sobre o financiamento de campanha eleitoral com dinheiro público.  Ele considera um absurdo e disse que jamais aceitará em sua campanha recurso público. Adhemar levantou suspeita sobre a possibilidade da existência de candidato ter recebido o dinheiro e não gasto na campanha, utilizando-o em outra coisa. “Deve ter sido jogado dinheiro na mão de quem não queria ser candidato”, afirmou, achando de muito “mau gosto” a decisão do Congresso Nacional em aprovar,  em 2017, o ...

leia mais +

Bastidores

Executivo, o alvo

O presidente da Câmara Municipal de Imperatriz, José Carlos Soares Barros, em discurso na  sessão de ontem disse que já deu a sua contribuição como vereador e anunciou que em 2020 não disputará a reeleição. Tomou a decisão após ouvir familiares e aliados. Mas deixou claro que estará na disputa por outro cargo. Fora de vereador, em 2020 estarão em disputa os mandatos de prefeito e de vice. Portanto, a sua pretensão é o Executivo. Exercendo o sexto mandato de vereador, Zé Carlos deverá tentar a viabilização da sua candidatura a prefeito dentro ...

leia mais +

Bastidores

Olha aí!

Um destacado integrante dos quadros do PSL na cidade revela que não seria fácil tomar o comando do partido em Imperatriz. Ele observa que no município existe um Diretório, e não Comissão Provisória. Portanto, uma tentativa de mudar o diretório poderia gerar até uma disputa judicial. O filiado diz serem bem-vindos novos integrantes, como as lideranças que estão sendo especuladas, mas sem atropelar os que já estão no partido, especialmente aqueles que se filiaram quando ainda nem se falava na candidatura de Jair Bolsonaro pelo partido. Nos últimos dias surgiram especulações sobre a possibilidade ...

leia mais +

Coriolano Filho

Coriolano Miranda Rocha Filho (foto), passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal, como paginação, revisão e reportagem na área policial. Coló Filho, como é mais conhecido, saiu para trabalhar em O Estado do Maranhão, mas em 1987 voltou para O PROGRESSO, como correspondente em Açailândia, por quase um ano. Em julho de 1988, assumiu o lugar de Adalberto Franklin, então Editor Chefe. Em dezembro de 1992, Coló Filho deixa o jornal para ser assessor de Comunicação do prefeito Renato Cortez Moreira. Ocupou o cargo por nove meses, tempo em que Renato passou na prefeitura, e cujo mandato foi interrompido por um assassino que o matou com dois tiros no dia 6 de outubro de 1993, no Mercado Bom Jesus. Em 1999, Coló Filho, que já estava de volta ao jornal como repórter, assumiu pela segunda vez a chefia da Redação, estando até hoje na função. editoria@oprogressonet.com