Bastidores

Bastidores

Bastidores

Acúmulo de cargos
 
Em visita ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), o presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), Erlânio Xavier, pediu que o Tribunal e o Ministério Público se unam à entidade para que sejam realizadas audiências regionais a fim de explicar a inconstitucionalidade do acúmulo de cargos. Segundo ele, com a aproximação do pleito eleitoral os opositores dos atuais prefeitos vão fazer campanha responsabilizando-os por eventuais demissões, não esclarecendo que se trata do cumprimento de uma decisão legal. O Maranhão apresenta hoje cerca de 37 mil casos de acúmulo ...

leia mais +

Bastidores

Mudança 

Ontem à tarde o prefeito Assis Ramos empossou o novo secretário de Agricultura, Abastecimento e Produção (SEAPP). É o advogado  Francisco Valdir Torres, que integrou a equipe de coordenação  da campanha do deputado federal Cleber Verde em Imperatriz. Portanto, cota do deputado, que tem se empenhado em Brasília para ajudar o prefeito Assis Ramos conseguir benefícios para o município. Cleber Verde participou da solenidade de posse. Valdir substitui Paulo Marcelo que, oficialmente, pediu exoneração “por questões pessoais”.  É a sexta mexida no secretariado desde que Assis Ramos assumiu o mandato, em janeiro de 2017. As ...

leia mais +

Bastidores

A pergunta

Hoje o  vereador José Carlos Barros é integrante do grupo político liderado pelo governador Flávio Dino, cujo partido, o PCdoB, vai lançar candidato próprio a prefeito de Imperatriz – Clayton Noleto ou Marco Aurélio. Sendo assim, José Carlos manteria o seu nome na disputa, ele que já anunciou ser pré-candidato? Ou está jogando o nome para tentar uma vaga de vice? Essa pergunta vem sendo feita em rodadas políticas. É, pode ser que José Carlos, mesmo sabendo ser difícil entrar numa disputa sem grupo forte, mantenha a garantia de que vai ser candidato, porque ...

leia mais +

Bastidores

Descartando 

Ontem o ex-prefeito Sebastião Madeira descartou a possibilidade de apoiar candidato a prefeito de outro partido, em 2020. Reafirmou que o PSDB terá candidato próprio, destacando que a sigla tucana “ao longo do tempo sempre foi protagonista em Imperatriz e continuará sendo”. Ele lembrou que o partido já tem pré-candidato ao Palácio Renato Moreira, o empresário Richardson Lima,  “que está trabalhando para se viabilizar”. Sendo assim, acaba a esperança dos outros pré-candidatos em ter o apoio do ex-prefeito, que é peça importante no quadro sucessório municipal. Em 2016, Madeira lançou na última hora o empresário ...

leia mais +

Bastidores

Estranho

No dia 22 de fevereiro, em encontro do seu partido, o PCdoB, o governador Flávio Dino anunciou sua pré-candidatura à Presidência da República. Agora, para surpresa geral, o chefe da Casa Civil do Governo, Marcelo Tavares (PSB), revela no programa Resenha, da TV Difusora, que Flávio Dino estava brincando. “O governador falou isso em tom de brincadeira. O foco é governar novamente o Maranhão, de uma forma ainda melhor do que foi feita no primeiro governo. Falar sobre isso [pré-candidatura à presidência] agora é uma precipitação sem tamanho”, afirmou o subordinado do chefe do Palácio ...

leia mais +

Bastidores

Pré-candidatura 
 
Observadores políticos já veem  o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, com postura de pré-candidato a prefeito às eleições de 2020. Pelo que o governo vem fazendo na cidade, com várias obras realizadas e outras em andamento, ele se tornaria habilitado a concorrer ao pleito. Mas precisa mostrar aos aliados liderados pelo governador Flávio Dino que realmente terá condições de vencer, porque o grupo sofreu uma derrota em 2016 com Rosângela Curado e não admite sofrer outra, até porque acredita que o cenário para 2020 não é ruim. Clayton Noleto (PCdoB) ...

leia mais +

Bastidores

Olha aí!

Se acontecer o que a imprensa da capital já começa a especular, poderá haver racha no grupo do governador Flávio Dino (PCdoB) nas eleições de 2022, em que ele não poderá mais disputar o Palácio dos Leões porque já foi reeleito. O vice-governador Carlos Brandão (PRB) vai assumir o comando do estado porque Dino se desincompatibilizará para disputar outro cargo e ele deverá concorrerá ao governo do estado. Só que o senador Weverton Rocha (PDT) também está decidido a ser candidato a governador e não havendo um consenso o grupo racharia. A ida do ...

leia mais +

Bastidores

Jardineira

Enquanto o maranhense caía na folia do carnaval, entrava em vigor a lei estadual nº 10.956, que reajusta alíquotas de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da gasolina, diesel, biodiesel, bebidas alcoólicas, refrigerantes, dentre outros. A lei foi sancionada pelo governador Flávio Dino (PCdoB) no dia 8 de dezembro do ano passado. É o terceiro aumento do tributo no atual governo. O ICMS passa de 25% para 28,5% nas operações de produtos como refrigerante, energéticos, isotônicos, embarcações de esporte e de recreação – inclusive esquis aquáticos, kites e jets skis -, rodas esportivas ...

leia mais +

Coriolano Filho

Coriolano Miranda Rocha Filho (foto), passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal, como paginação, revisão e reportagem na área policial. Coló Filho, como é mais conhecido, saiu para trabalhar em O Estado do Maranhão, mas em 1987 voltou para O PROGRESSO, como correspondente em Açailândia, por quase um ano. Em julho de 1988, assumiu o lugar de Adalberto Franklin, então Editor Chefe. Em dezembro de 1992, Coló Filho deixa o jornal para ser assessor de Comunicação do prefeito Renato Cortez Moreira. Ocupou o cargo por nove meses, tempo em que Renato passou na prefeitura, e cujo mandato foi interrompido por um assassino que o matou com dois tiros no dia 6 de outubro de 1993, no Mercado Bom Jesus. Em 1999, Coló Filho, que já estava de volta ao jornal como repórter, assumiu pela segunda vez a chefia da Redação, estando até hoje na função. editoria@oprogressonet.com